Celebridades

Mike Tyson revela ter fumado veneno de sapo e sentiu como se tivesse morrido

O lutador Mike Tyson fez algumas revelações em entrevista ao 'New York Post' e disse fumar veneno de sapo. Ele também afirmou ter visto a morte de perto.

3 min de leitura
17 Nov 2021 - 15h05 | Atulizado em 17 Nov 2021 - 15h05

O lutador Mike Tyson precisou travar a maior luta da sua vida, mas voltou bem melhor do que antes. Segundo Mike, ele gostou de fumar o veneno de sapo e revelou que isso mudou sua vida para melhor: “Olho para o mundo de forma diferente”. A lenda norte-americana fez essas e outras revelações ao New York Post, em entrevista. O veneno do sapo conhecido como 'Bufo alvarius', contém substâncias com propriedades psicoativas que são estudadas pelos cientistas.

 

https://lorena.r7.com/post/Conmebol-suspende-os-arbitros-apos-agressao-de-Otamendi-em-Raphinha

https://lorena.r7.com/post/JK-Rowling-ficara-de-fora-de-especial-de-Harry-Potter

https://lorena.r7.com/post/Luan-Santana-aproveita-dia-ensolarado-para-praticar-mergulho-com-a-namorada


Apesar de tudo isso, é importante ressaltar que as substâncias estão em estado de testes e não devem ser usadas de forma indiscriminada e excessiva. Tyson diz que descobriu o veneno através de um amigo, quando estava 45 quilos acima do peso, se drogando e bebendo, “Fiz isso como um desafio”, disse o astro. “Eu estava usando drogas pesadas como cocaína, então por que não? É outra dimensão. Antes de usar o ‘sapo’, eu estava arrasado. O oponente mais duro que já enfrentei fui eu mesmo. Eu tinha baixa autoestima. Pessoas com grandes egos muitas vezes têm baixa autoestima. Usamos nosso ego para disfarçar isso. O ‘sapo’ tira o ego”, contou. 


Mike Tyson fala sobre veneno de sapo (Foto: Reprodução/UOL)


Mike também revelou que já usou a substância mais de 50 vezes e que perdeu peso, como era esperado. Ele disse ter passado pela pior época da sua vida e agora conseguiu se reconectar com a família. “Isso me deixou mais criativo e me ajuda a me concentrar. Estou mais presente como empresário”, disse. “As pessoas veem a diferença [em mim]. Se você me conhecesse em 1989, você conheceria uma pessoa diferente. Minha mente não é sofisticada o suficiente para entender o que aconteceu, mas a minha vida melhorou. O propósito do ‘sapo’ é atingir seu maior potencial. Eu olho para o mundo de forma diferente. Somos todos iguais. Tudo é amor", continuou.

 Tyson chama o veneno de 'sapo' e diz que o mesmo o fez conhecer a morte de perto. “Eu 'morri' durante minha primeira viagem”, relembra. “Nas minhas viagens, eu vi que a morte é linda. A vida e a morte têm que ser bonitas, mas a morte tem uma má reputação. O ‘sapo’ me ensinou que não vou ficar aqui para sempre. Há uma data de validade”, completou. Mike Tyson pretende e espera poder comercializar o veneno com o passar dos anos. “Estou lutando para que os psicodélicos se tornem remédios que você possa comprar no balcão", finalizou.

 

Foto Destaque: Mike Tyson. Reprodução/Monet

Deixe um comentário