Notícias

México: Inundação atrasa resgate dos 10 homens presos na mina

As buscas pelo resgate dos homens está sendo complicada e não está sendo nada rápida como desejam as famílias das vítimas. As autoridades têm evitado dar notícias concretas aos familiares nesse período.

3 min de leitura
15 Ago 2022 - 19h56 | Atualizado em 15 Ago 2022 - 19h56

Nesta segunda-feira, dia 15 de agosto, autoridades do México, falaram que o nível da água no subterrâneo subiu mais ainda, dificultando a missão do governo de salvar a vida dos 10 trabalhadores que estão presos há 13 dias em uma mina de carvão, , na cidade de Sabinas, no estado de Coahuila, que cada vez mais é inundada.

Dessa vez a água veio de uma outra mina próxima de Conchas Norte, que já está fechada devido uma inundação ocorrida em 1996. De acordo com Laura Velázquez, diretora da agência de proteção civil do México, desde a última inundação acumulou-se quase 2 milhões de metros cúbicos de água. Para tentar conter o obstáculo, os engenheiros buscam isolar as minas em questão, de Pinabete e Conchas do Norte, para que continuem bombeando a água para fora de Pinabete, segundo Velázquez.

Na semana passada, as autoridades mexicanas conseguiram diminuir a profundidade de água em Pinabete, que superou inicialmente o patamar de cerca de 30 metros. Porém, a água voltou a subir novamente para o mesmo nível que no momento do acidente, alcançando mais de 41 metros de profundidade em um poço. Equipes de resgate estavam se preparando para entrar no poço quando a água subiu de novo.

Em uma entrevista coletica do governo local, Valázquez disse: “Essa entrada repentina forçou a suspensão completa do plano de entrada”.


Na quarta-feira do dia 3 de agosto, 10 trabalhadores de minas ficaram presos dentro da mina Pinabete, localizado na cidade de Sabinas, no noroeste do México. Durante a escavação, acabaram causando o desabamento de uma parede de um túnel, o que gerou inundações em três poços.


Famílias das vítimas aguardando notícias. Reprodução: Twitter 


As buscas pelo resgate dos homens está sendo complicada e não está sendo nada rápida como desejam as famílias das vítimas. As autoridades têm evitado dar notícias concretas aos familiares nesse período.


Foto destaque: Equipe de resgate na mina do México. Reprodução: Twitter

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo