Notícias

Menina de 3 anos é a quinta vítima fatal de incêndio no Lar Paulo de Tarso

A vítima, uma menina de 3 anos, faleceu após quadro de agravamento do estado de saúde. Outras sete pessoas feridas no incêndio seguem em tratamento na UTI

3 min de leitura
18 Abr 2023 - 16h30 | Atualizado em 18 Abr 2023 - 16h30

Uma menina de 3 anos morreu nesta terça-feira (18) vítima do incêndio que destruiu o Lar Paulo de Tarso, localizado na Zona Sul de Recife, na madrugada de sexta-feira (14). Outras quatro pessoas morreram no dia da tragédia: três crianças de idade não divulgada e a cuidadora Margareth da Silva, de 62 anos, que trabalhava no local no momento do acidente.

A menina de 3 anos, que não teve o nome revelado, faleceu após quadro de agravamento do estado de saúde. A informação foi revelada pelo Hospital da Restauração (HR), onde a garota estava internada.

Outras cinco pessoas feridas no incêndio seguem em tratamento na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do HR. De acordo com o hospital, duas crianças estão entubadas e três apresentaram melhora clínica, já conseguindo respirar espontaneamente.

Em boletim, a Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco (SES-PE) informou nesta terça-feira que as duas crianças levadas para a UTI do Hospital Brites de Albuquerque, em Olinda, possuem um quadro estável e com boa evolução. 


Lar Paulo de Tarso (Foto: Reprodução/ Wagner Ramos) 


As duas crianças que foram internadas no Hospital Maria Lucinda, na Zona Norte do Recife, já saíram da UTI pediátrica e foram transferidas para a enfermaria da instituição. E, na noite de segunda-feira (17), uma cuidadora adulta que também estava no abrigo durante o incêndio recebeu alta médica.

Curto-circuito

Na manhã de segunda-feira (17), agentes do Instituto de Criminalística (IC) visitaram o Lar Paulo de Tarso. De acordo com a perícia, o incêndio foi causado por um curto-circuito em um dos ventiladores do abrigo. O IC ainda descartou a possibilidade de ter sido um incêndio criminoso.

O abrigo

Fundado em 1991, o Lar Paulo de Tarso é uma ação não-governamental (ONG) que recebe menores de idade encaminhados pelo conselho tutelar e pelo Juizado da Infância e Juventude. As crianças e adolescentes permanecem na casa até retornarem para a própria família ou serem acolhidos em famílias substitutas, através da adoção, tutela ou guarda.

Foto Destaque: Reprodução/Ministério Público de Pernambuco

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo