Money

Lojas Marisa passa a ser gerida majoritariamente por homens no Conselho de Administração

Lojas Marisa, “De Mulher para Mulher”, tem controversas no cenário atual. As únicas mulheres do Conselho de Administração renunciam o cargo na empresa e sãos substituídas por homens.

3 min de leitura
29 Jul 2022 - 18h43 | Atualizado em 29 Jul 2022 - 18h43

Lojas Marisa é uma rede de moda feminina e Lingerie brasileira, criada em 1948 por Bernardo Goldfarb anuncia mudanças no conselho de administração da companhia com as renúncias de Carla Schmitzberger e Cristina Ribeiro Sarian. As duas pessoas que as substituíram e escolhidos foram Dílson Batista dos Santos e Marcelo Adriano Casarin para compor o conselho juntamente com outros quatro homens.  

Uma empresa que cujo slogan é “De Mulher para Mulher” atualmente é composta majoritariamente pelo sexo masculino. O Banco Central fez um levantamento em 2021 com 408 companhias, e segundo o levantamento, que o cargo no conselho de administração não havia 45% de participação feminina. Entre 100 empresas na bolsa de valores, apenas 6 havia mulheres em cargos de diretoria com 3 ou mais mulheres. 

Na “composição dos órgãos de governança por gênero” no relatório anual de 2021 da B3 as mulheres são 27,3% e homens são de 72,7% no Conselho de Administração nas empresas listadas na bolsa de valores. Na forma de contratação e até mesmo na pós contratação muitas mulheres vê a diferença no tratamento com os gêneros, no olhar, nas palavras direcionadas a elas e no direcionamento nas demandas que a empresa estipula.  


B3 - Relatório Anual 2021B3 - Relatório Anual 2021. (Foto: Reprodução/ Print )


Neste relatório também podemos analisar a quantidade de homens que se demite ou é mandando embora, 255 homens e 135 são mulheres. Talvez para os homens que tenham encontrado uma oportunidade que pague mais, no caso das mulheres que renunciam dos cargos, talvez por causa de colegas homens ou o tempo de promoção de cargo, demore mais para acontecer.  

A guerra dos gêneros não terminou, a equidade no salário ainda é um fator que desagrada muitas mulheres no mercado de trabalho. O tratamento não é igualitário e a promoção não acontece em pouco tempo, mesmo elas tendo graduação, pós-graduação, MBA, mestrado ou doutorado.  

 

Foto Destaque: Marisa. Reprodução/ Facebook

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo