Kelly Key fala sobre o assédio que sofreu de diretor de tv

Publicado 17 de Jan de 2021 às 18:10

A cantora Kelly Key relembrou o episódio de assédio durante um bate-papo com o apresentador do Altas Horas, Serginho Groisman. A artista contou que foi vítima de assédio vindo de um diretor de TV. Ela detalhou que chegou vestindo uma calça jeans no programa que iria fazer parte e o diretor pediu para que ela trocasse por uma saia. 

Todas as mulheres já passaram por isso. A maioria. A gente nunca fala sobre, porque somos oprimidas. Graças a Deus, sempre tive muita sorte. Eu tive poucas experiências como essa. Mas já estive na televisão e aconteceu de diretor receber foto minha, de divulgação, de vestido e eu chegar no programa de calça jeans, e ele falar: ‘Não, eu chamei uma cantora que usa saia”, disse a cantora. 

A artista contou que durante muito tempo foi muito desagradável conviver com o assédio. Parecia que ela sempre tinha que provar algo pra alguém e isso a reprimia. Kelly contou que seu modo de dançar e de se vestir não foi mais da mesma maneira. Ela afirmou que só entendeu que não precisava provar nada para ninguém quando a maturidade chegou.

Mas aí chega a maturidade e você começa a entrar numa vibe de que não precisa mais provar nada para ninguém. Nós, meninas do pop, usamos muito o corpo com a dança, e a sensualidade está no palco. Como o corpo da mulher sempre foi muito sexualizado, as pessoas não achavam de bom tom. Achavam minhas músicas ousadas. Se isso tivesse me afetado quem seria eu hoje?

Recentemente, Ana Maria Braga participou do programa Roda Viva, da TV Cultura, e emocionou o público ao relatar um caso de assédio que sofreu no começo dos anos 80. “O assédio não foi feito fisicamente, porque eu estava na sala de um diretor, e ele tinha pedido um projeto para mim, que ia ser muito bom para a televisão brasileira. E aí eu fiz um projeto lindo, fiquei 15 dias trabalhando no projeto, acreditando que eu pudesse sair do programa da tarde e ter um programa à noite na televisão. E ele tinha me dito, inclusive: você pode ser a Hebe Camargo amanhã, dependendo.

Leia Mais: Luan Santana e outros artistas enviam ajuda para Manaus


(Reprodução/Instagram)


Eu fiz um belo projeto jornalístico, levei para ele e quando eu levei, ficou na mesa dele o projeto, ele me olhou, levantou da mesa e veio para cima de mim, e eu fiquei absolutamente estupefata e eu fugi. Quando eu fugi da sala dele, eu saí com tanto ímpeto, que tinha uma escada e eu despenquei da escada, do nono andar. E aí alguém me socorreu lá, me acudiu, eu quebrei o braço”.

 

(Foto Destaque: Kelly Key fala sobre o assédio que sofreu de diretor de tv. Reprodução/Instagram)

Deixe um comentário