Celebridades

Kate Moss irá testemunhar contra Amber Heard, no processo com o ex, Johnny Deep

A super-modelo britânica teve seu nome envolvido na briga judicial entre Johnny Deep e Amber Heard. O processo corre na justiça desde 2018, entre boatos, reviravoltas e revelações inusitadas.

3 min de leitura
23 Mai 2022 - 17h13 | Atualizado em 23 Mai 2022 - 17h13

Dia 15 de junho, por meio de uma chamada de vídeo, Kate Moss irá testemunhar a favor de Johnny Deep no processo de difamação do astro contra a ex-esposa, Amber Heard. O caso está em andamento desde 2018, quando Amber apareceu em um artigo publicado pelo ‘Washington Post’, onde ela se intitulava como uma "figura pública que sobreviveu à violência doméstica". Logo em seguida, a atriz contra-processou o ex-marido por difamação, afirmando que ela mentiu sobre as agressões.

O protagonista de ‘Piratas do Caribe’ e Kate Moss namoraram de 1994 a 1997. O relacionamento veio à público, após Heard detalhar no tribunal supostos abusos entre ela e o ex-marido, citando um boato que nunca havia sido confirmado de que Johnny teria empurrado a supermodelo britânica de uma escada. A atriz de ‘Aquaman’ afirmou ter agredido o ex apenas para defender a si própria e impedir que Kate rolasse a escada: "Eu não hesito. Na minha cabeça, eu pensei em Kate Moss e escadas e o atingi".


Amber Heart chegando ao julgamento (Foto: Reprodução/Instagram)


Ao lado de Amber nessa batalha judicial, está a atriz Ellen Barkin, que depôs no dia 19 de maio à favor da colega de profissão. Ela relatou uma breve relação casual com o músico norte-americano e afirmou que o produtor de cinema era "um homem ciumento" e normalmente estava sob influência de álcool e drogas. Ellen revelou ainda que o ator chegou a arremessar uma garrafa de vinho na parede do hotel durante uma discussão, além disso, ele teria a acusado de traição após notar um arranhão em suas costas.

Johnny negou as acusações, e apresentou como testemunha a psicóloga forense Shannon Curry. A profissional “diagnosticou” Amber com dois transtornos: transtorno de personalidade histriônica, que representa a necessidade de estar no centro das atenções; e transtorno de personalidade limítrofe (mais conhecido como Borderline). Ela afirmou ter passado 12 horas analisando Heard e verificando seus registros médicos no final de 2021.

Foto Destaque: Johnny Deep e Kate Moss na época em que namoravam. Reprodução/Instagram

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo