Celebridades

Kanye West contrata advogada Camille Vasquez, responsável pelo caso de Johnny Depp, após declarações antissemitas

Kanye West contrata advogada Camille Vasquez após declarações antissemitas. Marcas potentes e reconhecidas globalmente da indústria da moda e do entretenimento romperam contratos e parcerias com o rapper.

3 min de leitura
24 Out 2022 - 14h40 | Atualizado em 24 Out 2022 - 14h40

Kanye West recorre a contratação da advogada Camille Vasquez e o escritório de advocacia internacional Brown Rudnick, para fazer parte do grupo de advogados que representam os interesses comerciais do cantor. 

Segundo o portal TMZ, a atitude do rapper, conhecido por ser o “gênio” da indústria musical, aconteceu em resposta ao rompimento da sua parceria com a marca Balenciaga e diversas outras quebras de contratos. A informação da contratação surgiu de pessoas próximas a West e pretende movimentar meios de comunicação. Isso porque a advogada Camille Vasquez, reconhecida por defender o ator Johnny Depp no seu processo com a atriz e ex companheira Amber Heard, ganhou atenção global por suas grandes habilidades de defesa.

Sobre o caso com a Balenciaga, a empresa Kering, controladora responsável pela Balenciaga, comunicou ao jornal comercial Women’s Wear Daily - WWD que a marca não tinha mais nenhum relacionamento nem projetos futuros com Kanye West. O artista contrapôs o posicionamento da marca alegando que a Balenciaga não estava lhe pagando bem e que estava apenas querendo conseguir “pontos positivos” através do rompimento da parceria. Essa afirmação dele ocorreu durante a final do jogo de basquete da filha North West.

Além disso, Ye, - nome adotado pelo artista após mudança legalmente reconhecida - , foi suspenso das redes sociais Twitter e Instagram, e repudiado entre os grandes nomes da indústria da moda e do entretenimento. Para se comunicar, Kanye está utilizando de imprensas improvisadas. O momento é crítico para o rapper e explica a sua urgência em ter Camille Vasquez no seu time.

Essa não é a primeira vez que Kanye West faz declarações preconceituosas. O cenário começou a se inflamar depois de sua coleção DONDA ter disponibilizado peças com a frase “Vidas Brancas Importam” em resposta ao movimento antirracista “Vidas Negras Importam”


Kanye West usando peça "Vidas Brancas Importam". (Foto: Reprodução/Instagram)


No dia 22 de outubro, em entrevista para o Talk Tv, o rapper declarou que "ninguém é mais julgado que o homem branco hétero". O corte circulou nas redes sociais e espantou muitos internautas.

Confira:


Corte da entrevista que Kanye West cedeu a Talk Tv. Vídeo: Reprodução/rapmais/Instagram


Celebridades como Khloé Kardashian e a atriz Reese Witherspoon também se posicionaram contra as declarações racistas do rapper através do compartilhamento de imagens em apoio a comunidade judaica. 


Khloé Kardashian compartilha mensagem de apoio a comunidade judaica. (Foto: Reprodução/Twitter)


Reese Witherspoon demonstra empatia a situação das pessoas judaicas. (Foto: Reprodução/Twitter)

O momento não é mais considerado por grande parte das pessoas como um caso de intolerância e preconceito. Grande parte do público cobra que as atitudes e palavras de Kanye sobre um grupo, que historicamente sempre foi alvo de inúmeras atrocidades e discriminação, sejam tratadas com o peso que carregam.

Foto destaque: Kanye durante entrevista ao Talk Tv. Reprodução/Talk Tv/Youtube 

Foto destaque: Camille Vasquez no programa Good Morning America. Reprodução/Good Morning America/Youtube.

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo