Celebridades

Kanye West: "Eu cometi erros, mas preciso voltar para casa"

O rapper se pronunciou sobre o divórcio de Kim Kardashian enquanto entregava marmitas para moradores de rua em Los Angeles, na região de Skid Row, no evento anual de ação de graças.

3 min de leitura
25 Nov 2021 - 10h12 | Atulizado em 25 Nov 2021 - 10h12

Ye - que antes usava seu nome como Kanye West - se pronunciou sobre o namoro de Kim Kardashian, sua ex mulher, com o humorista Pete Davidson. O rapper se pronunciou sobre o assunto nessa noite de quarta feira (24) enquanto entregava marmitas para moradores de rua em Los Angeles, na região do Skid Row, no evento anual de ação de graças. 

De acordo com o The Sun, Ye, antes de ir embora, pegou o microfone e compartilhou algumas mensagens de fé com o público presente: “A narrativa que Deus quer é que você veja que tudo pode ser redimido e todos esses relacionamentos que cometemos erros. Eu cometi erros. Fiz publicamente coisas inaceitáveis ​​como marido, mas agora mesmo por qualquer motivo - eu não sabia que estaria aqui,  não sabia que estaria na frente deste microfone. Estou aqui para mudar essa narrativa. Não vou deixar o E! Escrever a narrativa da minha família. Não vou deixar o Hulu escrever a narrativa da minha família", comentou ele.

No meio do discurso, Ye admitiu que pretende unir a sua família "Eu sou o pai da minha família. Tenho que estar ao lado dos meus filhos o máximo possível, mas eu preciso voltar para casa. Estou fazendo de tudo para estar bem próximo deles", comenta o rapper.


Ye ao lado do reverendo Troy Vaughan em Skid Row, Los Angeles (Foto: Reprodução/Getty Images)


Por fim, "Se o inimigo puder separar Kimye [mistura de Kim e Kanye], haverá milhões de famílias que sentirão que essa separação está ok... mas quando Deus unir Kimye, haverá milhões de famílias que serão influenciadas para ver que podem superar o trabalho de separação. Do trauma que o diabo usou para capitalizar para manter as pessoas na miséria enquanto as pessoas passam por cima dos sem-teto para ir à loja Gucci", finalizou.

Kim Kardashian se separou do rapper no último mês de fevereiro, após 7 anos de casamento. Os dois compartilham a guarda de quatro crianças: North West, de 8 anos de idade, Saint de 5 anos, Chicago de 3 anos, e Psalm, de 2 anos.

O discurso de Ye aconteceu poucos dias após Kim Kardashian ser fotografada publicamente com o novo namorado, Pete Davidson, em Palm Springs. Na ocasião da foto, ela ainda estava usando um tênis da linha Yeezy, criado pelo rapper.


Kim Kardashian, após assumir namoro com Pete Davidson, vista usando a coleção de Ye para a adidas, Yeezy (Foto: Reprodução/ The Grosby Group)


O namoro de Kim e Pete

Na última quinta feira (18), o Page Six afirmou que, depois de várias semanas de especulação, Kim Kardashian e Pete Davidson estão realmente juntos. Segundo o site, Kim de 41 anos e o ator, de 28, tiveram diversos encontros nas cidades de Nova York e Los Angeles nas últimas semanas. 

Dentre as várias interações nos últimos meses, eles chegaram a trocar beijos durante as gravações de vários quadros para o programa Saturday Night Live, em que Pete faz parte do elenco regular e Kim foi convidada para apresentar o programa no início de outubro.


Pete Davidson e Kim Kardashian em um quadro do Saturday Night Live (Foto: Reprodução/The Grosby Group)


Kanye e seus novos affairs

Kanye West e Irina Shayk também trouxeram rumores de que estariam namorando. Os dois foram vistos juntos fazendo um passeio perto do luxuoso hotel boutique Ville La Coste, em Provence, no sul da França. A viagem aconteceu em comemoração aos 44 anos do rapper.


Ye e Irina Shayk caminhando (Foto: Reprodução / The Grosby Group)


Na época dos rumores, os dois foram vistos juntos em várias ocasiões, e a imprensa começou a divulgar que tudo teria começado quando Irina participou do clipe de Power.

Segundo a Revista People, o breve e discreto relacionamento entre os dois chegou ao fim em meados de agosto.

Foto Destaque: Kanye West. Reprodução/The Grosby Group.

Deixe um comentário