Celebridades

Justiça negou a pensão de R$ 100 mil para as filhas do apresentador Gugu Liberato

Gêmeas, Marina e Sofia pediam pensão alimentícia de US$ 20 mil, o valor também era requisitado pela mãe, Rose Miriam. Justiça nega a pensão para as filhas do apresentador Gugu Liberato.

3 min de leitura
31 Ago 2021 - 22h06 | Atulizado em 31 Ago 2021 - 22h06

O pedido na justiça de pensão alimentícia pelas filhas do apresentador Gugu Liberato foi negado, o pedido foi expedido pelo advogado Nelson Wilians para as duas filhas do Gugu, Sofia e Marina. Segundo o colunista Flavio Ricco, as gêmeas de 17 anos pediam o valor de US$ 20 mil (em torno de 100 mil por mês), o mesmo pedido foi feito para a mãe, Rose Miriam, contudo, a solicitação também foi negada.


Gugu e filhos, João e Marina, Sofia    (Foto: Reprodução/Instagram)


Em um vídeo publicado pela coluna do Léo Dias com exclusividade, em 25 de agosto, as duas jovens aparecem reclamando da tia Aparecida, irmã de Gugu, por a mesma não ter autorizado a compra de um Porsche. Entretanto, ambas disseram que pelo menos conseguiram aumentar a mesada de cada uma em US$ 1 mil por mês, mas achavam que estaria ganhando pouco: “É um absurdo a nossa avó ganhar 163 mil reais, sendo que nós somos as herdeiras necessárias”, afirmaram. O apresentador Gugu Liberato, deixou em testamento a pensão recebida pela mãe, Dona Maria do Céu. Nos documentos do processo, as gêmeas Marina e Sofia afirmaram também que notam claramente que o irmão mais velho, João, estaria sendo influenciado e manipulado pela tia Aparecida Liberato. As jovens afirmam que a tia estaria se aproveitando do estado de vulnerabilidade no qual o herdeiro do Gugu se encontrava. Contudo, a justiça também negou o pedido das jovens de auditoria no inventário e nas ações de Aparecida, ela continua como inventariante e administradora dos bens sem com a supervisão do juiz. A decisão judicial foi publicada no Diário Oficial do dia 28 de julho, antes da circulação do vido. Ainda cabe recurso.


 

https://lorena.r7.com/post/Stallone-celebra-25-anos-da-filha-e-posta-homenagem-nas-redes-sociais

https://lorena.r7.com/post/Prefiro-a-morte-diz-Joelma-ao-ser-questionada-sobre-voltar-com-ex

https://lorena.r7.com/post/Bianca-Andrade-se-pronuncia-e-defende-Vivian-Amorim-apos-gravidez-vazada


No programa Balanço Geral nesta terça-feira (31), exibiu e-mails trocados pelas gêmeas e a tia Aparecida, onde as irmãs aparecem pedindo inicialmente US$ 10 mil para cada uma delas. O dinheiro seria para cobertura de despesas como viagens aplicações em faculdades, pagamento do salário de uma trabalhadora doméstica e também de um plano de saúde. No e-mail Aparecida disse que foi surpreendida com a mensagem e que a quantia pedida era alta para as duas: “Todos os custos com criação e desenvolvimento de vocês estão sendo cobertos, como seu pai já fazia. Inclusive, fiquem tranquilas quanto à futura faculdade. A mesada de US$ 1.000 para cada uma, neste momento, é mais do que suficiente no dia a dia”, respondeu a irmã de Gugu para sobrinhas. Em outro trecho do e-mail Aparecida escreveu: “Fico triste por vocês estarem sendo iludidas. Acredito que vai passar essa fase e vocês irão amadurecer. Só penso aonde foi parar a educação que receberam do pai de vocês. Acordem! Contem comigo sempre”. Contudo, em nota divulgada pelo advogado das jovens ele diz: "O vazamento parcial e fracionado desses emails é uma tentativa desesperada de desmerecimento das herdeiras Marina e Sofia”

 

 

(Foto destaque: Justiça negou a pensão de R$ 100 mil para as filhas do apresentador Gugu Liberato. Reprodução/Instagram)

Deixe um comentário