Notícias

Justiça do Rio de Janeiro manda soltar ator José Dumont

José Dumont, solto pela justiça, será monitorado por tornozeleira eletrônica; artista de 72 anos foi preso em flagrante pelo crime de armazenamento de imagens de sexo envolvendo crianças.

3 min de leitura
12 Out 2022 - 17h37 | Atualizado em 12 Out 2022 - 17h37

O Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ) concedeu liberdade ao ator José Dumont, de 72 anos, que foi preso em flagrante no dia 15 de setembro, no Rio, pelo crime de armazenamento de imagens de sexo envolvendo crianças, A decisão foi assinada pela desembargadora Suimei Meira Cavalieri, e publicada na última terça (11), ele será monitorado por tornozeleira eletrônica.

Dumont, que é conhecido por trabalhos como Os Tempos do Imperador, Amazônia, entre outros, está preso atualmente na Casa do Albergado Crispim Ventino, em Benfica, na Zona Norte do Rio. "Por unanimidade, concederam parcialmente a ordem, para relaxar a prisão do paciente, determinando-se a imediata expedição de alvará de soltura, mas com imposição sustitutiva de caltelares alternativas, nos termos do voto do relator", disse a juíza Cavalieri, em comunicado de sua decisão.

O ator, que já estava escalado para a novela Todas as Flores, a ser exibida no Globoplay, foi cortado da trama pela emissora. "O ator José Dumont estava contratado como obra certa especificamente para a novela Todas as Flores, a ser exibida no Globoplay. Diante dos fatos noticiados, a Globo tomou a decisão de retirá-lo da novela. A suspeição de pedofilia é grave. Nenhum comportamento abusivo e criminoso é tolerado pela empresa, ainda que ocorra na vida pessoal dos contratados e de terceiros que com ela tenham qualquer relação", disse a emissora, em comunicado oficial.


Justiça manda soltar o ator José Dumont. (Foto: Reprodução/O Globo)


A Delegacia da Criança e do Adolescente Vítima (DCAV), responsável pelos registros, revelou que foram encontrados cerca de 240 arquivos fotográficos e de vídeo contendo pornografia infantil no computador e em um aparelho móvel do ator que, na operação realizada no dia 15 de setembro, foram coletados pela polícia. Nele, um dos vídeos teria sido feito pelo próprio Dumont.

Em seu depoimento, José Dumont disse que as imagens encontradas faziam parte de um “estudo para a futura realização de um trabalho acerca do tema, sem tabus ou filtros”. O ator declarou ainda que conseguiu as imagens na internet e negou já ter fotografado, filmado, produzido ou editado essas imagens de crianças e adolescentes em contexto pornográfico.

Além disso, foi encontrado também um comprovante de depósito bancário para uma suposta vítima de abuso sexual. Dumont teria se aproveitado de sua fama para se aproximar de forma irresponsável de um menino de 12 anos, e ele nega que tenha comprado ou vendido material com pornografia infantil e reafirmou, em seu depoimento, que apenas armazenava as imagens para “consultas e estudos".

Foto Destaque: Justiça manda soltar ator José Dumont. (Foto/Reprodução/R7)

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo