Esportes

Inferno rubro-negro: Arrascaeta decide e Flamengo avança na Copa do Brasil

Flamengo não toma conhecimento do Atlético-MG, faz valer o fator Maracanã e conta com o brilho de Arrascaeta para fazer dois gols e avançar às quartas da Copa do Brasil

3 min de leitura
14 Jul 2022 - 12h17 | Atualizado em 14 Jul 2022 - 12h17

A frase "Lá eles vão saber o que é pressão e o que é inferno", dita por Gabigol após o jogo de ida do duelo entre mineiros e cariocas surtiu efeito e serviu de motivação para os quase 70 mil presentes no Maracanã, que criaram um verdadeiro caldeirão e viram um Flamengo dominante e um Arrascaeta "em chamas" para decidir a classificação do rubro-negro para as quartas da Copa do Brasil.

Flamengo e Atlético chegaram ao Maraca embalados por declarações, notas oficiais e provocações de torcedores e dirigentes de ambos os lados que tomaram o noticiário durante o intervalo de três semanas que separou os jogos de ida e volta das oitavas de final. Em um jogo cercado de expectativas, o que se viu quando a bola rolou foi a equipe rubro-negra fazendo valer o mando de campo e tomando a iniciativa do jogo.

Com Arrascaeta, Pedro e João Gomes, o rubro-negro já criava chances concretas de gol logo nos minutos iniciais da partida. Pelo lado direito, Rodinei e Everton Ribeiro envolviam o sistema de zaga do clube mineiro, que não conseguia ajustar a marcação nos principais homens de frente do Flamengo.

Ao final da primeira etapa, Pedro entregou na medida e Arrascaeta abriu o placar para o Mengão, na saída do goleiro Everson. A bola rolou devagar antes de morrer na "bochecha" direita das redes do arqueiro atleticano.


Festa da torcida nas arquibancadas e mosaico com a frase "Bem-vindos ao inferno". (Foto: Reprodução/Twitter)


Apesar de a vantagem mínima levar a decisão para os pênaltis, o Flamengo queria mais, e voltou para o segundo tempo com a mesma intensidade dos primeiros 45 minutos. Em falta cobrada pela direita, após falha de Junior Alonso, Arrascaeta mergulhou para cabecear. Após segundos de dúvida, o gol foi confirmado na decisão de campo - e rapidamente avaliado pelo VAR - para aumentar a vantagem rubro-negra no Maracanã. As câmeras confirmaram que a bola entrou toda.

Com a classificação nas mãos do Fla, o Galo, que não assustou durante os 90 minutos, se viu obrigado a sair mais para o ataque, e quase viu Gabigol ampliar a vantagem em contra-ataque, se o chute da perna direita não saísse tão fraco.

A coisa complicou para o Atlético quando Junior Alonso cometeu outra falta, recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso de jogo, quando o cronômetro já marcava 32 minutos. Vargas e Keno foram acionados, mas o sistema de jogo rubro-negro se sobressaiu, com todos os jogadores em uma noite mágica individualmente.

No fim, Ayrton Lucas, Marinho e Vitor Hugo entraram e deram um gás a mais, ajudando o Flamengo a conquistar uma classificação histórica no Maracanã em um dos melhores jogos do clube carioca no ano.

Após o apito final, festa da Nação. Até os jogadores entraram no clima e festejaram junto aos mais de 68 mil presentes no estádio. Ao som de "isso aqui vai virar o inferno", jogadores vibraram e exibiram cartazes com o tema que tomou conta do jogo.

Agora, o classificado Flamengo vai às quartas da Copa do Brasil, contra adversário que será definido em sorteio, após a definição de todos os qualificados à próxima fase.

 

 

Foto destaque: Arrascaeta. Reprodução/Twitter

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo