Tech

Hyperloop promete chegada de 'trem-bala' ao Brasil

Hyperloop promete chegada de trem-bala ao Brasil, com velocidade que pode fazer trecho de Rio-SP em apenas meia hora. O projeto deve chegar no Rio Grande do Sul em até 5 anos.

3 min de leitura
03 Set 2021 - 15h53 | Atulizado em 03 Set 2021 - 15h53

O futurismo se aproxima cada dia mais da realidade, entre os avanços tecnológicos que tem transformado a mobilidade urbana cada vez mais limpa e eficiente. Entre as novidades futuristas, a empresa HyperloopTT promete levar ao Rio Grande do Sul o hyperloop, o transporte hiper rápido da companhia, que permite grandes deslocamentos com tamanha velocidade em um curto espaço de tempo.

O projeto, que passa por um sistema de teste em grande escala da tecnologia hyperloop em Toulouse, na França, passa por desenvolvimento em outros países como Emirados Árabes Unidos, EUA e Alemanha, apesar do projeto ainda não ter saído oficialmente do papel.

 

https://lorena.r7.com/post/Corinthians-anuncia-parceria-inedita-com-Mercado-Bitcoin

https://lorena.r7.com/post/Anuncio-feito-pelo-OnlyFans-traz-incertezas-sobre-o-futuro-da-plataforma-e-cria-uma-grande-disputa-por-seus-usuarios-e-criadores

https://lorena.r7.com/post/Magalu-cresce-e-se-torna-a-acao-mais-valorizada-dos-ultimos-5-anos

 

O sistema semelhante a um trem-bala, depende de um túnel modificado de baixa pressão atmosférica para atingir altas velocidades. A ideia do projeto é reproduzir em solo as mesmas condições de velocidade encontradas pelos aviões em altitude.No trecho Rio-SP, a projeção é de menos de meia hora de viagem e pode ser feita no site da companhia, que permite a simulação de viagens entre várias cidades do mundo.

Sem exigir subsídios governamentais, o hyperloop é impugnado pelo público por seu preço acima do valor dos transportes urbanos e potenciais riscos.


Túnel usado para testes do novo trem-bala (Reprodução/Divulgação)


Design da Estação da Hyperloop em Porto Alegre (Reprodução/Divulgação)


Na pesquisa divulgada na última quinta-feira (2), feita pela UFRGS em parceria com o Governo do Estado do Rio Grande do Sul, foi estimado uma redução de R$ 2,3 bilhões no custo operacional, uma geração de aproximadamente 60.000 novos empregos e cerca de 95.000 toneladas de CO2 a menos na atmosfera.

O projeto da HyperloopTT rompe conceitos tradicionais e traz inovações tanto em termos de infraestrutura quanto em termos de operação de um sistema de transporte. Isso exigiu o trabalho em equipe de profissionais de áreas como energia, previsão de demanda de carga, estudo de rotas, dentre outras, na Universidade”, afirmou a Dr. Christine Tessele Nodari, coordenadora do projeto pelo Laboratório de Sistemas de Transportes da UFRGS.

Ainda não há expectativa de quando a Virgin Hyperloop realizará novos testes com passageiros do novo trem-bala.

 

(Foto Destaque: Hyperloop promete chegada de 'trem-bala' ao Brasil. Reprodução/Hyperloop/Divulgação)

Deixe um comentário