Mundo Pet

Hospital na Bahia promove campanha de doação de sangue para pets

O projeto é uma colaboração entre o Hospital de Medicina Veterinária e a Universidade Federal da Bahia e tem como objetivo aumentar os estoques de sangue salvando pets de situações que vão de hemorragia a normalização de fluxo sanguíneo

3 min de leitura
03 Nov 2022 - 15h58 | Atualizado em 03 Nov 2022 - 15h58

O Hospital de Medicina Veterinária, vinculado à Universidade Federal da Bahia (Hospimev / Ufba), está promovendo uma campanha de doação de sangue para pets em Salvador, devido o baixo estoque de sangue.

Como funciona

Não há necessidade de internação.  O processo se inicia com um check-up completo que é disponibilizado pelo hospital, para analisar as condições da saúde do animal doador. Caso aprovado, é feita a doação e no final, antes de ser liberado para casa, o pet recebe petiscos. Os tutores que têm interesse na doação de sangue dos pets devem realizar o agendamento no hospital, que está localizado na Avenida Milton Santos, 500, bairro de Ondina, às 10h. Mais informações podem ser encontradas no site do hospital. 

A coleta é feita através de um acesso no pescoço ou pata do animal, em cães a doação é feita com os animais deitados e sem sedação. Já em gatos, é preciso de sedação por casa da posição da coleta. A quantidade de sangue doado dependerá do peso do doador.


Ufba promove doação de sangue para pets (Foto Reprodução/Unilavras)

 


Critérios de doação

Cães

Os pets devem possuir de um a oito anos e não podem morar na rua, devido o alto risco de infecções e devem pesar mais de 27 quilos e precisam estar com o quadro vacinal atualizado. Cães doam aproximadamente 8ml por quilo.

Gatos

Os felinos devem ter de um a oito anos e devem pesar mais de quatro quilos e precisam estar com o quadro vacinal atualizado. Até 10ml podem ser doados pelos pets.

As causas que levam um animal a precisar de transfusão são diversas, hemorragia, anemia, problemas de coagulação ou, até mesmo, normalizar a quantidade de sangue circulante, em todos os casos o animal trans fusionado precisa de um doador compatível. Doar sangue é indolor e pode ajudar até quatro animais com hemorragias, traumas e infecções graves.

Foto Destaque cachorro sendo examinado. Reprodução/Freepik.

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo