Esportes

Grêmio vê a situação piorar após derrota para o Atlético-MG

Com muitas chances desperdiçadas, o Grêmio perdeu por 2 a 1 para o Atlético-MG e se vê cada vez mais com os dois pés na Série B 2022 do Brasileirão.

3 min de leitura
04 Nov 2021 - 08h00 | Atulizado em 04 Nov 2021 - 08h00

 Grêmio e Atlético-MG se encontraram no Mineirão para duelo atrasado da 19ª rodada do Campeonato Brasileiro. Diante de 56 mil torcedores, o Atlético-MG venceu por 2 a 1 e se isolou na liderança, com 10 pontos a mais do vice-líder, Palmeiras. Os gols do vencedor foram marcados por Zaracho e Vargas.



Quem não faz, leva!

O jogo começou movimentado no lado gremista e o Borja foi responsável pela primeira finalização do Grêmio aos 2 minutos, que foi parada pela trave e no rebote, Douglas Costa chutou para a rede mas a arbitragem marcou impedimento do centroavante. Seis minutos depois, Douglas Costa tentou novamente, ultrapassando a marcação mas a defesa isolou para a linha de fundo.

O Grêmio se viu frustrado mais uma vez quando, aos 11 minutos, Zaracho recebeu cruzamento de Diego Costa dentro da área, finalizou em cima do lateral gremista Bruno Cortez e no desvio, adentrou as redes, abrindo o placar para o Atlético-MG. 

O time visitante tentou pressionar mais o Atlético-MG e mesmo conseguindo furar a defesa algumas vezes, não conseguia empatar. No último lance da primeira etapa, Borja quase empatou para o Grêmio num cabeceio vindo de uma cobrança de escanteio, mas foi para fora.

STJD denuncia Flamengo por canto homofóbico no jogo pela Copa do Brasil contra o Grêmio

Vasco começa a venda de ingressos para clássico contra o Botafogo

Rosângela Santos: Medalhista vira motorista de aplicativo


 

Mais líder que nunca 

No segundo tempo, o Grêmio entrou em campo pressionando, como na primeira etapa e já no primeiro minuto, Ferreirinha teve grande chance mas desviou em Guga e foi para fora. Nos dois minutos seguintes, o time gaúcho desperdiçou mais dois gols com Lucas Silva e Borja em seguida, que subiu sozinho e cabeceou muito fraco, diretamente nas mãos do goleiro. 

O Grêmio respirou aliviado quando Campaz marcou o gol de empate aos 10 minutos. O meia havia entrado no lugar de Villasanti e surtiu efeito. O meia aproveitou erro de Arana e tabelando com Borja, chutou forte no fundo da rede e ampliou o placar. 



A alegria gremista durou pouco pois aos 28 minutos, o VAR marcou toque de mão do autor do gol de empate, após falta cobrada por Nacho. Vargas assumiu a bola atleticana e marcou o segundo gol do Galo, consagrando a vitória. Com isso, o Galo conquistou o título simbólico de campeão do primeiro turno e confirmou que faz a melhor campanha do Campeonato. Agora lidera com 62 pontos, 10 a mais que o Palmeiras (vice-líder) e 12 a mais que o Flamengo (terceira colocação). 



Pelo lado gremista, a situação apenas piora e o Grêmio permanece estagnado com 26 pontos e sendo o vice-lanterna do Campeonato Brasileiro. 

Após essa partida, o Atlético-MG não possui mais jogos atrasados no Brasileirão mas volta a campo no fim de semana pela 30ª rodada. No sábado, o América-MG irá até o Atlético, no Mineirão para um clássico, às 16h.

O Grêmio ainda tem um jogo atrasado contra o Flamengo mas primeiro, irá encontrar o Internacional para o clássico no Beira-Rio, também no sábado mas às 19h. 

 

Foto destaque: Atlético-MG. Reprodução/Twitter @Atletico

Deixe um comentário