Música

Grammy Latino 2022: Brasileiros se destacam e Rosalía leva premiação mais importante da noite

O Grammy Latino 2022 que aconteceu na noite da ontem (17) em Las Vegas nos Estados Unidos premiou os principais destaques do ano de 2022 da música Internacional e nacional. Entre indicado e vencedores, os brasileiros obtiveram destaque na cerimonia.

3 min de leitura
18 Nov 2022 - 13h41 | Atualizado em 18 Nov 2022 - 13h41

A 23ª Edição Anual do Latin Grammy aconteceu na noite da última quinta-feira (17) em Las Vegas nos Estados Unidos e premiou os destaques do ano de 2022 da música internacional e nacional. Os brasileiros marcaram presença entre os indicados, inclusive com vitórias em várias categorias, com destaques para Ludmilla, Liniker e Erasmo Carlos. Já Rosalía venceu na categoria tida como mais importante da noite - 'Álbum do Ano'. 

Brasileiros se destacam com indicações e vitórias  

O destaque brasileiro já começou no início da cerimônia, já que Anitta foi uma das apresentadoras, ao lado das cantoras Laura Pausini e Thalía e de  Luis Fonsi. Anitta apesar de não vencer teve duas indicações com hit 'Envolver' na 'Gravação do Ano' e na categoria de "Melhor Performance de Reggaeton". Além disso sete Brasileiros foram premiados na pré - cerimonia. Com destaques para Ludmilla e Liniker, que faturaram seus primeros Grammys nas categorias ‘Melhor Álbum de Samba/Pagode’ e ‘Melhor Álbum de Música Popular Brasileira’ com “Numanice #2 - de Ludmilla - e “Indigo Borboleta Anil - de Liniker, respectivamente. "Eu tô chegando em lugares que eu nunca imaginei, mesmo não falando espanhol ou qualquer outra língua. Eu tô sendo respeitada pelas minhas raízes e pela minha essência. Isso não tem preço nem prêmio nenhum que pague". Disse Ludmilla em post depois da cerimônia comemorando os feitos, ela ainda foi responsável pela entrega na categoria 'Álbum de Música Urbana', vencido pelo cantor Bad Bunny. 


Momento em que Ludmilla recebe premiação. (Vídeo: Reprodução/Instagram)


Os outros vencedores foram, na categoria de 'Melhor Álbum de Rock ou de Música Alternativa em Língua Portuguesa', o vencedor foi Erasmo Carlos com “O Futuro Pertence À… Jovem Guarda”; na de 'Melhor Álbum de Música Sertaneja' Chitãozinho e Xororó levaram o prêmio por “Chitãozinho e Xororó Legado”; Melhor Álbum de POP Contemporâneo em Língua Portuguesa, Bala Desejo com “Sim Sim Sim”; Melhor Álbum de Música de Raízes em Língua Portuguesa, Alceu Valença em “Senhora Estrada” e por fim Melhor Canção em Língua Portuguesa Jorge Drexler & Marisa Monte “Vento Sardo”. Na lista de indicados, mas sem vitórias os destaques foram: Jão, Lagum, Luísa Sonza, Marina Sena, Marília Mendonça com Maiara e Maraísa, Caetano Veloso e Criolo.  

Rosalía, Bad Bunny e Christina Aguilera também são coroados  

Entre os grandes nomes presentes na cerimônia estava o de Bad Bunny, o cantor porto-riquenho foi indicado em 10 categorias e saiu vencedor em cinco, sendo elas 'Melhor Álbum de Música Urbana' - "Un Verano Sin Ti"; 'Melhor Fusão Urbana/ Performance' e 'Melhor Canção Urbana' - "Tití Me Preguntó", 'Melhor Canção de Rap/Hip Hop' - "De Museo ", e 'Melhor Performance de Reggaeton' "Lo Siento BB:/ ", está vencida ao lado de Tainy e Julieta Venegas. Já Christina Aguilera foi coroada na categoria de 'Melhor Álbum Pop Vocal Tradicional', prêmio entregue pela brasileira Luisa Sonza. Já o grande nome da noite foi a cantora Espanhola Rosalía, que saiu vitoriosa na categoria tida como a mais importante da noite 'Álbum do Ano' o que fez dela a primeira mulher a ganhar na categoria duas vezes, além de mais três premiações. 

Artista revelação aos 95 anos 

Outro nome que chamou muito atenção foi de Ángela Álvarez, que aos 95 anos venceu como 'Melhor Artista Revelação' ao empatar com a cantora Silvana Estrada e ainda sendo a artista mais velha indicada nessa categoria. Nascida em Cuba, ela deixou a capital Havana no ano de 1962, logo após a Revolução Cubana e quando criança seu pai não deixava cantar, apesar disso o falecido marido dela sempre encorajava para escrever suas músicas. O primeiro álbum contando com suas músicas escritas ao longo de décadas foi produzido pelo neto de Alvarez, em seu discurso de vitória ela fez questão de exaltar que as pessoas não desistam de seus sonhos. "Para aqueles que não realizaram seu sonho, embora a vida seja difícil, sempre há uma saída e com fé e amor você pode alcançá-lo, eu prometo a você [...] Nunca é tarde demais”. A história de Ángela Álvarez está sendo contada em um documentário intitulado "Miss Ángela".  


Ángela Álvarez recebendo premiação. (Foto: Reprodução/Ethan Miller)


Confira abaixo todos os indicados e vencedores do Grammy Latino 2022: 

Gravação do Ano 

 “Pa Mis Muchachas” – Christina Aguilera, Becky G, Nicki Nicole Featuring Nathy Peluso 

“Castillos de Arena” – Pablo Alborán 

“Envolver” – Anitta 

“Pa’lla Voy” – Marc Anthony 

“Ojitos Lindos” – Bad Bunny & Bomba Estereo 

“Pegao” – Camilo 

“Tocarte” – Jorge Drexler & C. Tangana (vencedor) 

“Provenza” – Karol G 

“Vale La Pena” – Juan Luis Guerra 

“La Fama” – Rosalía Featuring The Weeknd 

“Te Felicito” – Shakira & Rauw Alejandro 

“Baloncito Viejo” – Carlos Vives & Camilo 

  

Álbum do Ano 

 “Aguilera” – Christina Aguilera 

“Pa’lla Voy” – Marc Anthony 

“Un Verano Sin Ti” – Bad Bunny 

“Deja” – Bomba Estéreo 

“Tinta Y Tiempo” – Jorge Drexler 

“Ya No Somos A No Somos Los Mismos “- Elsa Y Elmar 

“Viajante” – Fonseca 

“Motomami” (Digital Album) – Rosalía (vencedor) 

“Sanz” – Alejandro Sanz 

“Dharma” – Sebastian Yatra 

  

Canção do Ano 

 “A Veces Bien Y A Veces Mal” – Daddy Yankee, Rauw Alejandro & Nile Rodgers 

” Agua” – Daddy Yankee, Rauw Alejandro & Nile Rodgers 

“Algo Es Mejor” – Mon Laferte 

“Baloncito Viejo” – Carlos Vives & Camilo 

“Besos En La Frente” – Fonseca 

“Encontrarme” – Carla Morrison 

“Hentai” – Rosalía 

“Índigo” – Camilo & Evaluna Montaner 

“Pa Mis Muchachas” – Christina Aguilera, Nicki Nicole, Becky G Featuring Nathy Peluso 

“Provenza” – Karol G 

“Tacones Rojos” – Sebastián Yatra 

“Tocarte” – Jorge Drexler & C. Tangana (vencedor) 

  

Melhor Álbum Pop Vocal 

 “Ya No Somos Los Mismos” – Elsa Y Elmar 

“Amor Que Merecemos” – Kany García 

“Clichés” – Jesse & Joy 

“El Renacimiento” – Carla Morrison 

“Dharma” – Sebastian Yatra (vencedor) 

  

Melhor Álbum Pop Vocal Tradicional 

 “Aguilera” – Christina Aguilera (vencedor) 

“Viajante” – Fonseca 

“Filarmónico 20 Años” – Marta Gómez 

“La Vida” – Kurt 

“Frecuencia” – Sin Bandera 

  

Melhor Artista Revelação 

 Ángela Alvarez (vencedora – empate) 

Sofía Campos 

Cande Y Paulo 

Clarissa 

Silvana Estrada (vencedora – empate) 

Pol Granch 

Nabález 

Tiare 

Vale 

Yahritza Y Su Esencia 

Nicole Zignago 

  

Melhor Canção Pop 

 “Baloncito Viejo” – Carlos Vives & Camilo 

“Besos En La Frente” – Fonseca 

“Índigo” – Camilo & Evaluna Montaner 

“La Guerrilla De La Concordia” – Jorge Drexler (vencedor – empate) 

“Tacones Rojos” – Sebastián Yatra (vencedor – empate) 

  

Melhor Interpretação Reggaeton 

“Desesperados” – Rauw Alejandro & Chencho Corleone 

“Envolver” – Anitta 

“Yonaguni” – Bad Bunny 

“Nicky Jam: Bzrp Music Sessions, Vol. 41” – Bizarrap & Nicky Jam 

“Lo Siento Bb:/” – Tainy, Bad Bunny & Julieta Venegas 

  

Melhor Fusão/Interpretação Urbana 

“Pa Mis Muchachas” – Christina Aguilera, Nicki Nicole, Becky G Featuring Nathy Peluso 

“Santo” – Christina Aguilera & Ozuna 

“Volví” – Aventura, Bad Bunny 

“Titi Me Pregunto” – Bad Bunny (Vencedor) 

“This Is Not America” – Residente Featuring Ibeyi 

  

Melhor Álbum de Música “Urban” 

 “Respira” – Akapellah 

“Trap Cake Vol. 2” – Rauw Alejandro 

“Los Favoritos 2.5” – Arcangel 

“Un Verano Sin Ti” – Bad Bunny (vencedor) 

“Animal” – Maria Becerra 

  

Melhor Canção “Urban” 

 “Desesperados” – Rauw Alejandro & Chencho Corleone 

“Lo Siento Bb:/” – Tainy, Bad Bunny & Julieta Venegas 

“Mamiii” – Becky G & Karol G 

“Ojos Rojos” – Nicky Jam 

“Titi Me Pregunto” – Bad Bunny (vencedor) 

  

Melhor Canção Rap/Hip Hop 

“Amor” – Akapellah 

“Dance Crip” – Trueno 

“De Museo” – Bad Bunny (vencedor) 

“El Gran Robo, Pt.2” – Lito Mc Cassidy, Daddy Yankee 

“Freestyle 15” – Farina 

  

Melhor Álbum Instrumental 

 “Back To 4” – C4 Trío 

“Gerry Weil Sinfónico” – Gerry Weil & Orquesta Sinfónica Simón Bolívar 

“Ofrenda” – Grupo Raíces De Venezuela 

“Maxixe Samba Groove” – Hamilton De Holanda (Vencedor) 

“Ella” – Daniela Padrón & Glenda Del E 

 

Melhor Álbum de Música Cristã (Língua Portuguesa) 

“Antes Da Terapia” – Asaph 

“O Samba E O Amor” – Antonio Cirilo 

“Epifania” – Clovis 

“És Tudo” – Bruna Karla 

“Laboratório Do Groove” – Eli Soares (vencedor) 

  

Melhor Álbum de Pop Contemporâneo em Língua Portuguesa 

“Sim Sim Sim” – Bala Desejo (vencedor) 

“Pra Gente Acordar” – Gilsons 

“Pirata” – Jão 

“De Primeira” – Marina Sena 

“Doce 22” – Luísa Sonza 

  

Melhor Álbum de Rock ou de Música Alternativa em Língua Portuguesa 

 “Qvvjfa?” – Baco Exu Do Blues 

O Futuro Pertence À… Jovem Guarda” – Erasmo Carlos (vencedor) 

“Sobre Viver” – Criolo 

“Memórias (De Onde Eu Nunca Fui)” – Lagum 

“Delta Estácio Blues” – Juçara Marçal 

  

Melhor Álbum de Samba/Pagode 

 “Bons Ventos” – Nego Alvaro 

“Mistura Homogênea” – Martinho Da Vila 

“Desengaiola” – Alfredo Del-Penho, João Cavalcanti, Moyseis Marques E Pedro Miranda 

“Numanice #2” – Ludmilla (vencedor) 

“Céu” Lilás – Péricles 

  

Melhor Álbum de Música Popular Brasileira 

 “Pomares” – Chico Chico 

“Síntese Do Lance” – João Donato E Jards Macalé 

“Indigo Borboleta Anil” – Liniker (vencedor) 

“Nu Com A Minha Música” – Ney Matogrosso 

“Portas” – Marisa Monte 

“Meu Coco” – Caetano Veloso 

  

Melhor Álbum de Música Sertaneja 

 “Chitãozinho & Xororó Legado” – Chitãozinho & Xororó (Vencedor) 

“Agropoc” – Gabeu 

“Expectativa X Realidade” – Matheus & Kauan 

“Patroas 35%” – Marília Mendonça, Maiara & Maraísa 

“Natural” – Lauana Prado 

  

Melhor Álbum de Música de Raízes em Língua Portuguesa 

 “Afrocanto Das Nações” – Mateus Aleluia 

“Na Estrada – Ao Vivo” – Banda Pau E Corda Featuring Quinteto Violado 

“Remelexo Bom” – Luiz Caldas 

“Belo Chico” – Targino Gondim, Nilton Freittas, Roberto Malvezzi 

“Senhora Das Folhas” – Áurea Martins 

“Oríki” – Iara Rennó 

“Senhora Estrada” – Alceu Valença (vencedor) 

  

Melhor Canção em Língua Portuguesa 

“Baby 95” – Liniker 

“Idiota – Jão 

“Me Corte Na Boca Do Céu A Morte Não Pede Perdão” – Criolo Featuring Milton Nascimento 

“Meu Coco” – Caetano Veloso 

“Por Supuesto” – Marina Sena 

“Vento Sardo” – Marisa Monte Featuring Jorge Drexler 

  

Melhor Álbum de Rock 

 “Mojigata” – Marilina Bertoldi 

“Unas Vacaciones Raras” – Él Mató A Un Policía Motorizado (Vencedor) 

“Cada Vez Cadáver” – Fito Y Fitipaldis 

“1021” – La Gusana Ciega 

“Rpdf” – Wiplash 

  

Melhor Canção de Rock 

 “Día Mil” – Eruca Sativa 

“Esperando Una Señal” – Bunbury 

“Finisterre” – Vetusta Morla 

“Lo Mejor De Nuestras Vidas” – Fito Paez (vencedor) 

“No Olvidamos” – Molotov 

“Que Se Mejoren” – Wos 

  

Melhor Álbum Pop/Rock 

 “Trinchera” – Babasónicos 

“Monstruos” – Bruses 

“La Dirección” – Conociendo Rusia 

“Los Años Salvajes” – Fito Paez (Vencedor) 

“Cable A Tierra” – Vetusta Morla 

  

Melhor Canção Pop/Rock 

 “Arrancarmelo” – Wos 

“Babel” – Carlos Vives & Fito Páez (vencedor) 

“Bye Bye” – Babasónicos 

“Disfraz” – Conociendo Rusia 

“Qué Voy A Hacer Conmigo???” – Elsa Y Elmar Y Bruses 

Foto destaque: Ludmilla, Rosalía e Liniker recebendo premiação na cerimonia do Grammy Latino 2022. Reprodução/AFP

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo