Notícias

Governo italiano suspende a obrigatoriedade do uso de máscara

Nesta terça feira, a Itália suspendeu a obrigatoriedade do uso de máscara em lugares fechados e o governo pretende aumentar o limite de capacidade em estádios do país

3 min de leitura
09 Fev 2022 - 09h56 | Atualizado em 09 Fev 2022 - 09h56

Nesta terça feira (8), o governo italiano suspendeu a exigência do uso de máscaras em lugares externos e o aumento de limite de pessoas em estádios do país. O governo diminuiu as restrições, devido a queda gradual de casos e infecções da Covid-19 nas últimas semanas.  

De acordo com o ministro da Saúde da Itália, Roberto Speranza, essas novas regras entram em vigor a partir do dia 11 de fevereiro até o dia 31 de março, onde será necessário apenas usar a máscara em lugares tumultuados e lugares públicos internos.  

Já sobre o aumento nos estádios, Speranza e a ministra dos Esportes, Valentina Vezzali, disseram que eles querer aumentar cada vez mais o limite de pessoas nos estádios a partir do dia 1º de março.


Centro de vacinação na Itália (Foto: Reprodução/Donato Fasano/Getty Images)


Atualmente os limites de capacidade está em 50% em ambientes abertos e 35% da capacidade em lugares fechados. De acordo com os ministros, o governo quer aumentar esse limite para 75% da capacidade de estádios abertos e 60% em lugares fechados.  

Mesmo com a queda no número de casos e hospitalizações da Covid-19 na Itália, o número de mortes ainda é alto. Em média, na maioria dos dias o número está entre 300 e 450 fatalidades. Só na terça feira, foram registrados 101.864 casos e 415 mortes.  

Ainda assim com as novas liberações, no começo do mês de fevereiro, pessoas que se recusam a tomar a vacina contra a Covid-19, são impedidas de entrar em cafés, restaurantes, cinemas, hotéis, feiras, academias e de mais lugares públicos fechados. Essas novas restrições são validas para italianos e para turistas que se recusam a tomar a dose de reforço. A pessoa que descumprir as novas regras terá que pagar uma multa de 100 euros.  

A ideia da Itália é diminuir o máximo possível de infecções e mortes da Covid-19 no país.  

 

Foto Destaque: Novas liberações na Itália. Reprodução/Miguel Medina/AFP/Getty Images

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo