Notícias

Geraldo Alckmin se reúne com Ciro Nogueira em Brasília para conversar sobre transição do governo

O vice-presidente eleito se encontrou com o ministro da casa civil Ciro Nogueira para reunião sobre a transição governamental, Alckmin estava acompanhado de Gleisi Hoffmann e Aloizio Mercadante e afirmou que a "transição já começou".

3 min de leitura
03 Nov 2022 - 20h20 | Atualizado em 03 Nov 2022 - 20h20

Geraldo Alckmin (PSB), vice-presidente eleito juntamente com o presidente Luis Inácio Lula da Silva (PT) se reuniu nesta quinta-feira (3) com o ministro da casa civil Ciro Nogueira no Palácio do Planalto, em Brasília, no Distrito Federal, para tratar da transição para o governo de Lula. Ciro chefia o processo pelo lado do atual governo de Jair Bolsonaro. 

O Decreto 7.221 de 2010 diz que a transição de governo inicia quando ocorre a proclamação do resultado da eleição e termina com a posse do governante eleito, esse, tem o direito previsto por lei de formar uma equipe de transição. 

Alckmin chegou à reunião acompanhado de Gleisi Hoffmann, presidente do PT e do coordenador do plano de governo Lula, Aloizio Mercadante, o vice-presidente disse que a conversa foi proveitosa e reforçou várias vezes durante entrevista que a “transição já começou”.  


Aloizio, Gleisi e Geraldo no Palácio do Planalto. Foto Reprodução: GZH.


Segundo Alckmin a equipe de transição irá trabalhar no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) em Brasília, "Amanhã (4), a Gleisi e o Mercadante vão lá fazer uma visita, e nós deveremos começar a partir de segunda-feira (7)", confirmou ele. 

O vice-presidente eleito não antecipou os nomes que irão compor a equipe de transição, mas disse que eles proverão de partidos que fizeram parte da coligação de Lula nas eleições, "A partir de segunda-feira, depois da reunião com o presidente Lula, a gente começa a divulgar os nomes da transição”, afirmou.  


Alckmin em entrevista no Palácio do Planalto nesta quinta (3). Foto Reprodução: Folha PE


A legislação concede ao presidente eleito o direito de organizar com ao menos 50 cargos à disposição a sua equipe de transição, para preparar as primeiras medidas do novo governo e ter acesso aos dados da administração pública. 

Alckmin ainda afirmou que nomes do PDT e do MDB, que apoiaram a candidatura de Lula no segundo turno também deverão indicar nomes para a equipe, ele não excluiu a participação de nomes de partidos de centro. 

O atual presidente Jair Bolsonaro não irá se envolver diretamente no processo da transição governamental, Ciro Nogueira informou que Bolsonaro o autorizou a seguir a lei e iniciar o processo de transição. 

Foto Destaque: Presidente e vice eleitos, Lula e Alckmin. Reprodução: UOL.

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo