Saúde

Fundação Oswald Cruz aponta forte crescimento de casos de SRAG

Boletim da FioCruz aponta aumento de casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave ( SRAG ) desde dezembro do ano passado. Segundo coordenador do InfoGripe praticamente dos os estados tiveram sinal de aumento.

3 min de leitura
22 Jan 2022 - 15h40 | Atualizado em 22 Jan 2022 - 15h40

Em relatório divulgado nesta sexta-feira (21) a Fundação Oswaldo Cruz (FioCruz) exibe forte crescimento de casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave(SRAG) no Brasil. Das 27 unidades federativas, 26 apresentaram aumento na tendência de longo prazo ate a segunda semana de janeiro de 2022. Somente o estado de Roraima demonstra estabilidade nos números de longo e curto prazo.

Segundo o relatório, “dentre os casos positivos do ano corrente, 22,6% são Influenza A, 0,2% Influenza B, 3,6% vírus sincicial respiratório (VSR), e 64,4% Sars-CoV-2 (Covid-19)”.

O indicador de nível forte (probabilidade > 95%) está presente em todos os estados brasileiros, com exceção de Rondônia que esta com nível moderado (probabilidade > 75%). A análise foi feita tendo como base os dados inseridos no Sistema de Informação da Vigilância Epidemiológica da Gripe (Sivep-Gripe). Capitais como Boa Vista(RR), Rio de Janeiro(RJ) e Salvador(BA) não tiveram aumento na tendência de longo prazo. Porem não e motivo para abaixar a guarda, pois o relatório da FioCruz alerta as capitais fluminense e baiana sobre o perigo do aumento na tendência de curto prazo, onde devam ter atenção em relação aos dados publicados.


Acompanhamento dos casos de SRAG pela Fiocruz — Foto: Reprodução/Fiocruz


O coordenador do InfoGripe, Marcelo Gomes, relata que “praticamente todos os estados apresentaram sinal de crescimento anterior às semanas 26 de dezembro de 2021 a 01 de janeiro de 2022, e 02 de janeiro de 2022 a 08 de janeiro de 2022, deixando claro que tal cenário é ainda anterior às celebrações de final de ano”.

O primeiro boletim do ano emitido no sábado passado (15) divulgou crescimento de 5,6 mil para 13 mil casos de SRAG entre as ultimas semanas de novembro e as três ultimas semanas de janeiro, o aumento foi de 135%. Em dezembro de 2021 não foi publicado o boletim devido ao “apagão” do aplicativo e site do ConecteSUS e do Ministério da Saúde que saíram do ar por invasão de hackers impossibilitando o acesso aos dados sobre a pandemia, afetando diretamente a notificação de casos de diversas gripes no Brasil.

Foto Destaque: Acompanhamento medico. Reprodução/Anna Shvets/ Pexels

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo