Notícias

Frederik Willen de Klerk responsável pelo fim do apartheid e ex-presidente da África do Sul, morre aos 85 anos

O ex-presidente da África do Sul, Frederik Willem de Klerk, morreu aos 85 anos. Além de ser o último líder da apartheid o político ganhou em 1993 o prêmio Nobel da Paz ao lado de Nelson Mandela.

3 min de leitura
11 Nov 2021 - 20h00 | Atualizado em 11 Nov 2021 - 20h00

Morreu nesta quinta-feira (11) o ex-presidente da África do Sul, Frederik Willem de Klerk, aos 85 anos. O último líder da apartheid ganhou em 1993 o prêmio Nobel da Paz ao lado de Nelson Mandela. O ex-presidente lutava contra o câncer de mesotelioma e morreu pela manhã em sua casa em Fresnaye, Cidade do Cabo, segundo a fundação FW de Klerk. “Ele deixa sua esposa Elita, seus filhos Jan e Susan e seus netos”, afirmou a fundação.  


 

FW de Klark ao lado de Nelson Mandela (Foto: Reprodução/Juda Ngwenya / Reuters)


 

A fundação Nelson Mandela publicou um comunicado de condolências à família.De Klerk estará para sempre ligado a Nelson Mandela nos anais da história sul-africana. Como chefe de estado, ele supervisionou a libertação de Madiba da prisão em 11 de fevereiro de 1990. Em 1993, eles receberam conjuntamente o prêmio Nobel da Paz por iniciarem um acordo negociado que levou a África do Sul a realizar sua primeira eleição democrática em 1994” , publicou.  


O último presidente branco da África do sul foi um contribuinte direto para o fim pacífico do apartheid, o maior regime de segregação racial que teve início nos anos de 1948. O político governou o país entre 1989 e 1994, além de legalizar o Congresso Nacional Africano (CNA) ele também foi responsável pela liberdade de Nelson Mandela, assim como outros presos políticos. Mandela sucedeu FW de Klerk e passou a ser o primeiro presidente negro do continente africano.  

 

https://lorena.r7.com/post/Auxilio-Emergencial-nascidos-em-julho-podem-sacar-a-7a-parcelahttps://lorena.r7.com/post/Com-apenas-21-semanas-bebe-prematuro-sobrevive-e-entra-no-Guinness
https://lorena.r7.com/post/Homem-e-investigado-por-tomar-5-doses-de-vacina-contra-a-Covid-19


O fim do apartheid foi uma conquista histórica, mesmo sendo admirado por muitos, Klerk não conseguiu fugir das críticas. Alguns desaprovam a violência contra oponentes políticos, outros o consideram um traidor, principalmente o Partido Nacional, de direita que já governava o país durante anos. 

 

Após a sua aposentaria, FW de Klerk fez alguns comentários polêmicos sobre o apartheid, tornando o seu prêmio Nobel da Paz questionável. O atual presidente da África do Sul, também prestou suas condolências ao político, disse ainda que FW de Klerk desempenhou um papel fundamental para a democracia 



Foto destaque: FW de Klark. Reprodução: Mark A. Philbrick/BYU Photo

VEJA TAMBÉM

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo