Saúde

Fiocruz aprova vacina 100% brasileira contra Covid-19

Parceria entre Fiocruz, Oxford e AstraZeneca possibilitou desenvolvimento de uma vacina nacional. A agenda de entrega do imunizante está sendo discutida entre Ministério da Saúde e a fundação.

3 min de leitura
16 Fev 2022 - 15h14 | Atualizado em 16 Fev 2022 - 15h14

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) liberou o primeiro lote da vacina contra a covid-19 fabricada exclusivamente no Brasil. A aprovação aconteceu na segunda-feira (14), e foi anunciada no dia seguinte. A vacina será entregue ao Ministério da Saúde, que deve incluir o imunizante no Programa Nacional de Imunizações (PNI).

Segundo a Agência Brasil, a iniciativa de produzir o imunizante totalmente brasileiro parte de um contrato de transferência tecnológica entre a Fiocruz e o consórcio formado pela Universidade de Oxford e a farmacêutica AstraZeneca. O contrato previa que as equipes da Fiocruz desenvolvessem o saber necessário para fabricar o ingrediente farmacêutico ativo (IFA), principal insumo da vacina. No ano passado, devido à necessidade de obter o IFA da China, a entrega de vacinas da AstraZeneca sofreu atrasos, o que demonstra a importância de viabilizar a capacidade de produção do insumo no Brasil.  


Produção brasileira é importante aliada no aumento da cobertura vacinal do país. (Foto: Reprodução/Pixabay). 


O Ministério da Saúde divulgou, no site do governo, que para aprovar o IFA 100% brasileiro, foram necessários diversos estudos de comparabilidade, fazendo uso de análises de desempenho. Como resultado, os estudos comprovaram que o insumo mantém a mesma eficácia do produto importado [da China]. “Desde maio de 2020, a Fiocruz vem produzindo diversos lotes testes que foram submetidos às análises da Anvisa, que já havia feito a Certificação de Boas Práticas de Fabricação do novo insumo, o que garante que a linha de produção cumpre com todos os requisitos necessários para a garantia da qualidade do IFA”, informa o órgão.

Em nota, a Fiocruz anunciou que o primeiro lote da vacina 100% nacional foi liberado pelo controle de qualidade no começo desta semana. Além disso, a Fundação está trabalhando em conjunto com o Ministério da Saúde para definir a agenda de entrega da vacina, de acordo com a demanda da pasta. Em breve, os responsáveis pretendem lançar novas informações sobre o imunizante.

A CNN apurou que o Ministério da Saúde está em negociação com o Palácio do Planalto para que o presidente Jair Bolsonaro (PL) compareça ao evento de entrega do primeiro lote da vacina brasileira. De acordo com o canal, o presidente tem sido aconselhado pelos aliados a receber a vacina durante o evento.  

Foto Destaque: Vacina contra a Covid-19. Reprodução/Fernando Brito/MS/Agência Brasil. 

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo