Notícias

Filha de Beth Carvalho critica o uso da música da mãe em vídeo bolsonarista

Luana Carvalho publicou em seu twitter sua revolta ao ver o Ministro Fábio Faria usando a música "Vou Festejar" como trilha sonora de vídeo em que aparecem imagens de manifestações a favor do presidente.

3 min de leitura
13 Set 2022 - 18h00 | Atualizado em 13 Set 2022 - 18h00

A filha de Beth Carvalho (1946-2019), Luana Carvalho, fez uma publicação em seu twitter contra o vídeo feito por Fábio Faria, ministro das Comunicações do governo de Jair Bolsonaro. O vídeo mostra  imagens do dia sete de setembro e também manifestações a favor do presidente ao som de "Vou festejar" do compositor Jorge Aragão, na voz da cantora. "Estão usando a voz de Beth Carvalho para promover vídeos bolsonaristas. Por favor denunciem! vou processar!" escreveu. 

  Luana disse em entrevista ao jornal o globo que a gravação faz uso indevido da história de Beth Carvalho, de sua voz e sua luta a favor de tudo que ela era contra. A artista apoiou o ex-presidente Lula nas eleições que participou e também a causa do movimento dos trabalhadores sem terra. Em 2016, se posicionou contra o impeachment de Dilma Rousseff.  

 

                                                                                                          Reprodução do tweet de Luana Carvalho

 

   A advogada Cristina Baum, Mestranda em Direito pela PUCRS, explica que como a cantora já faleceu, seus herdeiros tem direitos autorais pelas obras por 70 anos e que para ultilizar a música nesse tipo de vídeo é necessário uma licença: "A  lei 9.610/98 afirma que a Beth Carvalho tem o direito de exclusividade sobre sua obra e ela precisaria autorizar o uso. Por não haver esse contrato de licença ou de cessão entre as partes, seja por parte do ministro ou por parte do governo, ela pode exigir uma indenização e que a obra pare de ser divulgada."

 A assessoria do ministro defendeu que o vídeo não fere os direitos autorais da artista: "O vídeo com música da cantora Beth Carvalho foi editado e publicado originalmente pelo portal Poder 360 e o ministro Fábio Farias apenas compartilhou nas redes sociais, não infringindo, portanto, questões legais relacionadas ao direito autoral para a reprodução da obra". disse em resposta ao jornal o globo.

Foto de capa: revista forum

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo