Esportes

F1: Novela entre Alpine e Oscar Piastri está longe de ter um fim

Chefe da equipe francesa de Fórmula 1, Otmar Szafnauer declarou que se sentiu decepcionado com Piastri e Alonso, ainda afirmou que faltou lealdade da parte de Oscar para com a equipe que tanto investiu nele.

3 min de leitura
09 Ago 2022 - 18h37 | Atualizado em 09 Ago 2022 - 18h37

O chefe da equipe Alpine, Otmar Szafnauer, declarou que se sentiu decepcionado com dois pilotos da academia da equipe francesa de Fórmula 1. A saída de Fernando Alonso já está acertada para a temporada de 2023, por outro lado, a situação da novela com o piloto australiano Oscar Piastri está longe de ter um fim.  

Esse mal estar entre academia e piloto se deu pelo motivo de Oscar ter rapidamente negado que estaria na equipe já na próxima temporada, o caso está sendo tratado juridicamente, porém, o chefe não negou sua decepção com os pilotos, por mais que ele entenda a saída de Alonso.  


O jovem Oscar Piastri tem como empresário o ex-piloto australiano Mark Webber (Foto: Robert Cianflone/Getty Images)


“Eu esperava mais lealdade de Piastri. Ele deveria ter com a equipe que cuidou dele, que o levou ao título (F2) acima de tudo, que durante o ano passado o colocou na F1 para que ele estivesse pronto e conhecesse as pistas. Comecei em 1989 na Fórmula 1 e nunca tinha visto nada parecido. E não é sobre a Fórmula 1, mas sobre integridade como humano”, desabafou o chefe.  

Fernando Alonso retornou ao automobilismo em 2021 pela equipe Alpine, porém, com a recente notícia da aposentadoria do alemão Sebastian Vettel o piloto foi convocado pela Aston Martin para que ele fosse o substituto de Vettel na equipe britânica, na visão de Otmar, a motivação da mudança do Espanhol seria pela situação salarial que seria maior, além do contrato ser mais longo, já que a oferta é que ele permaneça na Aston Martin até 2024. A revelação da partida de Fernando Alonso para outra equipe foi dada na segunda-feira, após a etapa da Hungria, naquela semana o piloto teria confirmado ao Szafnauer que não estava em conversas com outra equipe.  

“Nós o apoiamos. Deve haver alguma lealdade ao fato de termos investido literalmente milhões e milhões de euros para prepará-lo. Então eu também não entendo. Ele assinou um papel, um documento, dizendo que faria algo diferente. Se você me disser ‘ei, me ajude, amanhã eu te ajudo de volta’, de forma alguma eu voltaria atrás na minha palavra. Eu não preciso de um papel que diz ‘com essa cláusula, eu posso sair daqui”, concluiu a crítica.  

Na mesma semana do anúncio de Alonso a equipe francesa decidiu anunciar que Oscar Piastri seria o substituto de Alonso, mas para a surpresa do público geral que acompanha a categoria, o piloto negou a informação. Oscar foi campeão da F2 na temporada passada, o australiano foi formado na academia da equipe francesa, hoje ele atua como piloto reserva da Alpine, além de ser emprestado a McLarn para cumprir com esse mesmo objetivo. E seria com a própria equipe britânica com quem ele teria firmado um pré-contrato no fim do último mês. 

 

Foto destaque: Otmar Szafnauer, chefe da Alpine na F1 — Foto: Clive Mason/Getty Image

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo