Cinema/TV

Existe a possibilidade de haver uma clonagem dos dinossauros similar ao Jurassic World

Convém analisar que, os cientistas engajados conseguiram realizar a clonagem de um dinossauro através de um sistema que possui um código genético que está presente no interior das células.

3 min de leitura
13 Jun 2022 - 18h40 | Atualizado em 13 Jun 2022 - 18h40

Em determinada localização geográfica inserida na América do Sul, um âmbar é percebido por um mineiro. No interior da resina de restos de árvores, o mineiro analisa cuidadosamente um inseto semelhante a um mosquito. Os estudiosos conseguem utilizar aparatos técnicos de última geração para retirar o último suprimento do inseto que extrai sangue. Convém analisar que, os cientistas engajados conseguiram realizar a clonagem de um dinossauro através de um sistema que possui um código genético que estão presentes no interior das células de sangue que permanecem inabaladas.

O filme da categoria romance de 1990 e o volume de filmes que fizeram sucesso chamado "Jurassic Park" disseminaram o pensamento de que não só o âmbar teria a possibilidade de manter não só os tecidos moles, como também as inúmeras moléculas do DNA por volta de milhões de anos. Porém, fatores negativos foram analisados, como as formas de tentar retirar o DNA tanto de âmbar, como também de substâncias similares e que infelizmente não obtiveram êxito na atualidade, bem como de exemplos enraizados que foram consideradas insuficientes a fim de obter exames relacionados à genética.


Dinossauro (Foto: Reprodução/Frank P/Pixabay)


Vale ressaltar que, distintamente dos filmes, o resto de árvore fóssil não se configura como ideal manutenção do DNA, que se caracteriza por ser uma molécula extremamente fragilizada e que transporta comandos genéticos imprescindíveis para o avanço, a realização, ascensão e também a perpetuação dos organismos até então identificados. Uma situação bastante relevante é que a partir do momento em que há uma substância que tem um aspecto viscoso possui a capacidade de apreender um animal minúsculo, apresenta um aspecto mole e que se desfaz instantaneamente e o maior fragmento do DNA torna-se totalmente incapaz de ser reaproveitado precocemente ao passo de anteceder que o animal seja totalmente envelopado.

No ano de 2020, aconteceu um estudo que foi divulgado através da revista PLOS ONE que teve o incentivo de conseguir estabelecer a condição e a temporalidade relacionada ao fato de que o DNA dos insetos existentes e que são envolvidos por materiais que apresentam a resina destinada para a preservação. Vale destacar que, cientistas retiraram minúsculos insetos de ambrosia que se encontraram encarcerados na resina de âmbar.

 

Foto Destaque: Foto de Dinossauro. Reprodução/Eric Labayle/Pixabay

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo