Saúde

Ex-ministro da Saúde diz que é necessário aumentar orçamento em R$22 bilhões

Ex-ministro da Saúde, Arthur Chiolo, diz que será necessário aumentar o orçamento da Saúde em R$ 22,8 bilhões e afirmou que foi identificado um corte de R$ 10,4 bilhões pelo governo de Bolsonaro (PL).

3 min de leitura
05 Dez 2022 - 15h58 | Atualizado em 05 Dez 2022 - 15h58

Em entrevista à CNN neste domingo (4), o ex-ministro da Saúde, Arthur Chioro, membro do grupo técnico que faz a transição para o governo eleito, explicou que foi identificado a necessidade de aumentar o orçamento da pasta em R$ 22,8 bilhões.

Arthur Chioro faz parte da equipe de transição do governo eleito de Luiz Inácio Lula da Silva (PT), no grupo da parte da saúde. Formada também pelos médicos e ex-ministros, da Saúde, Humberto Costa, José Gomes Temporão e Alexandre Padilha.


Em ordem, Arthur Chioro, Aloizo Mercadante, Humberto Costa e José Gomes Temporão, na transição do governo (Foto: Reprodução/Magno Romero)


“Ele nos pediu em primeiro lugar, qual é o rombo do orçamento de 2023 mandado por Jair Bolsonaro para o Congresso Nacional. E nós identificamos que foram cortados R$ 10,4 bilhões de ações como: tratamento do câncer, farmácia popular, saúde indígena, vacinas e bolsas de residência”, explicou.

Chioro continuou: “Mas nós também, como base no planejamento que vem sendo feito, com base no programa de governo, inclusive das prioridades de vacinar em massa a população, organizar o enfreamento da pandemia de Covid que não acabou, enfrentar as filas, reforçar a farmácia popular e assistência farmacêutica no SUS, o programa de saúde da mulher, prioridades do presidente Lula, nós identificamos a necessidade de aumentar esse valor até R$ 22,8 bilhões”

Em reunião no dia 25 de novembro, o Grupo Técnico (GT) fez um apelo para que seja aprovada uma abertura no Orçamento para o ano que vem, junto com recursos para pagar o Bolsa Família no valor de R$ 600, como forma de solucionar uma grande crise na área da saúde.

A Proposta de Emenda à Constituição (PEC) em defesa da aprovação para liberar um orçamento para a Saúde e como pagamento do benefício social veio um dia depois de outro integrante da cúpula de transição ter relativizado a necessidade de aprovação da PEC.

O grupo estudou a situação no gabinete de transição e afirmou que foi identificado que, entre os recursos previstos para o Ministério da Saúde em 2023, R$ 10 bilhões estão sendo direcionados para o orçamento secreto.

Foto Destaque: Ex-ministro da Saúde, Arthur Chioro. (Reprodução/Agência Brasil)

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo