Celebridades

Evan Rachel Wood revela que foi abusada pelo ex-noivo, Marilyn Manson

Na manhã dessa segunda-feira (1), a atriz Evan Rachel Wood divulgou em sua conta do Instagram que foi abusada pelo seu ex-noivo, o cantor Marilyn Manson, enquanto ainda estavam juntos

3 min de leitura
01 Fev 2021 - 12h10 | Atulizado em 01 Fev 2021 - 12h10

Na manhã dessa segunda-feira (1), a atriz Evan Rachel Wood divulgou em sua conta do Instagram que foi abusada pelo seu ex-noivo, o cantor Marilyn Manson, enquanto ainda estavam juntos. Na publicação, Evan já havia mencionado um relacionamento abusivo que viveu, mas não divulgou publicamente de quem ela estava falando.

"O nome do meu agressor é Brian Warner, também conhecido mundialmente como Marilyn Manson. Ele começou a me aliciar quando eu era adolescente e abusou terrivelmente de mim durante anos. Eu estava sofrendo lavagem cerebral e sendo manipulada à submissão. Estou farta de viver com medo de retaliação, difamações ou chantagem. Estou aqui para expor este homem perigoso e chamar a atenção para o mercado que o permitiu, antes que ele arruine mais vidas. Estou do lado das muitas vítimas que não serão mais silenciadas", contou a atriz, atualmente com 33 anos.

Leia mais: Xuxa conta do seu relacionamento com Pelé e relata que já sofreu abusos


Evan Rachel Wood relata o relacionamento abusivo que sofreu nas mãos de Marilyn Manson. (Foto: Reprodução/Instagram)


O relacionamento deles ficou público em janeiro de 2007, onde Evan tinha apenas 19 anos. Em janeiro de 2010, a atriz e Marilyn ficaram noivos. Sete meses depois, o noivado chegou ao fim.

Em 2016, a atriz, que também é cantora, deu uma entrevista para a revista Rolling Stone, onde revelava que havia sofrido dois abusos. "Eu fui estuprada. Por um companheiro enquanto estávamos juntos. E em outra situação, por um dono de um bar. Não acredito que vivemos em uma época na qual as pessoas ainda permanecem em silêncio. Nosso mundo está dominado pelo fanatismo e sexismo. Não podemos ficar caladas", Evan contou, na época.

Ela voltou a falar sobre o assunto em 2019, em um vídeo no Instagram, onde ela chorava e dizia não conseguir ter uma vida normal. "Eu ainda estou tentando seguir em frente, mas eu não sei se algum dia serei capaz de fazer isso. Eu não estou bem porque não lembro como é o sentimento de não se sentir apavorada", disse.

(Foto Destaque: Evan Rachel Wood e Marilyn Manson. Reprodução/Getty Images)

 

Deixe um comentário