Saúde

Estudo diz que uso conjunto de aspirina e anticoagulante previne doenças cardiovasculares

Doenças cardiovasculares e amputações em pacientes diagnosticados com diabete podem ser prevenidas com uso conjunto de aspirina e anticoagulante rivaroxabana.

3 min de leitura
05 Fev 2022 - 14h00 | Atualizado em 05 Fev 2022 - 14h00

Um estudo publicado na revista 'New England Journal Of Medicine' em 2017, traz à luz uma questão importante: usar aspirina para prevenção de coágulos ou usar um anticoagulante rivaroxabana junto à aspirina? O estudo chamado Compass concluiu que, aqueles que tomaram aspirina com anticoagulante, em doses baixas, tiveram menos chances de ter derrames, infarto e risco de óbito por causas cardiovasculares do que os pacientes que tomaram somente a aspirina.

Muitas pessoas não sabem, mas doenças cardiovasculares é a principal causa de óbito em pessoas diagnosticadas com diabetes, principalmente, AVC e infarto. Maioria das vezes relacionada a placas de gorduras nas artérias coronárias e cerebrais. O grupo de pacientes com diabetes analisados obtiveram maior benefício. Outro ponto que deixou os pesquisadores otimistas é a redução da taxa de amputações em pacientes que já tinham indicações de má circulação.

No entanto, nem tudo são flores. O mix de aspirina com anticoagulante aumenta as chances de efeito colateral, em sua maioria sangramentos, como gastrointestinais são os mais frequentes. Por este motivo, sugere-se o uso de doses menores do anticoagulante. Mesmo correndo este risco o benefício cardiovascular é indispensável.


Endodebate 2020 (Foto: Reprodução/Clannad Editora Científica)


Carlos Eduardo Barra Couri, doutor em endocrinologista e pesquisador da Universidade de São Paulo (USP), organizador do Endodebate comenta: “(...) hoje utilizamos a aspirina, mas a proteção fica mais eficiente quando se adiciona a rivaroxabana. Muitos médicos não sabem que é indicado fazer essa combinação no diabetes tipo 2 quando já houve casos de doença cardiovascular(...)”.

Hoje, a comunidade médica como, Sociedade Europeia de Cardiologia e a Associação Americana de Diabetes sugerem o uso de aspirina a uma dose baixa de rivaroxabana em pacientes com diabetes que tiveram doenças cardíacas anteriormente.

Apesar das informações contidas nesta matéria, cada paciente é diferente. Cada caso é um caso e as recomendações não são universais. Consulte o seu médico antes de ingerir qualquer medicamento por conta própria.

 

Foto Destaque: O uso conjunto de aspirina e anticoagulante rivaroxabana. Reprodução/iStock

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo