Saúde

Estudo afirma que exercício físico pode reduzir em 43% o risco de morte por Covid-19

Estudo afirma que exercício físico pode reduzir em 43% o risco de morte por Covid-19. Os pesquisadores compilaram cerca de 15 estudos a respeito do tema para fazer a análise.

3 min de leitura
24 Ago 2022 - 09h44 | Atualizado em 24 Ago 2022 - 09h44

O coronavírus alterou completamente o modo de viver de tudo e todos, pois trata-se de um vírus novo, muito infeccioso e com potencial de matar. Dessa forma, tal doença dominou, praticamente, todas as rodas de conversa, além de também “despertar” a criatividade das pessoas quanto à cura. Porém, segundo o "Metrópolis", há uma relação entre fazer exercícios físicos e Covid-19. 

O site “Terra”, também apresentou que, por ser uma novidade, mesmo depois de mais de dois anos, são publicadas descobertas sobre o vírus. Falando nisso, o “British Journal of Sports” divulgou um estudo científico, que contou com um compilado contendo cerca de 15 pesquisas sobre a relação entre o coronavírus e atividades, mostrando que a prática regular de exercícios pode suavizar os efeitos da doença.  


Post no Twitter sobre a prática de exercícios ser uma arma contra a Covid-19. (Reprodução/Twitter @a_garciahermoso)


Os autores do estudo revelam ao público que a prática de atividade física consegue reduzir ligeiramente o risco de infecção pela covid-19. Porém, a descoberta principal dos mesmos é a queda de 36% na taxa de hospitalização, enquanto que a de morte diminuiu 43% entre aqueles que não são sedentários. Sendo assim, se o indivíduo faz exercícios rotineiramente, as chances de desenvolver um quadro mais grave da doença são bem menores. 

Outro dado encontrado pelos cientistas, por intermédio dos estudos analisados, reflete o quanto de atividade física é necessário para alguém se manter saudável. Conforme eles, o recomendado é de, ao menos, 150 minutos de atividade moderada ou 75 minutos de atividade intensa por semana. 

Mesmo que seja uma boa novidade, conforme informações divulgadas pelo “Terra”, os responsáveis pelo estudo admitem que a análise não é um veredito definitivo. Isso ocorre pois a metodologia dos estudos variar muito e maioria deles foi feita com informações fornecidas por seus próprios voluntários. Além desse detalhe, há também o risco de tendência, o que leva a ser publicados apenas os estudos que apresentam conclusões sobre possível efeito positivo da atividade física. 

Por fim, ainda não se sabe, com certeza, o motivo por trás da prática de exercícios regulares ser capaz de proteger o organismo da pessoa da Covid-19. A ideia é que o exercício aumenta a capacidade imunológica do corpo e combata alguns fatores de risco da doença.  

Foto Destaque: Exercícios físicos podem ajudar a diminuir risco de morte por Covid-19. Reprodução/Twitter @MedTransformCen.

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo