Celebridades

Erika Schneider: modelo celebra vitória do Brasil e critica opressão no Catar

Schneider celebrou a vitória do primeiro jogo do Brasil na copa do Catar na rede social e criticou políticas do país sede do campeonato na última quinta-feira (24)

3 min de leitura
25 Nov 2022 - 10h46 | Atualizado em 25 Nov 2022 - 10h46

A modelo e apresentadora Erika Schneider posou de biquíni com as cores da bandeira para celebrar a vitória do Brasil sobre a Sérvia, de 2 x 0, e aproveitou para questionar as rígidas leis do Catar, país que sedia a copa do mundo de 2022, nesta quinta-feira (24).

Comemorando a vitória do Brasil em sua estreia no campeonato, Schneider mostrou em no Instagram que já está no clima da copa do Catar, mas não conteve as críticas às políticas do país árabe. A modelo reclamou que não se tem liberdade para ir à praia de biquíni no país, mas voltou sua atenção para problemas que julga serem mais graves. “Isso, aliás, é o de menos em um país que oprime as mulheres e outras minorias. Infelizmente, a Copa é lá”, escreveu na legenda da publicação.


Nos stories, a modelo mostrou o telão de onde estava assistindo ao jogo e declarou seu apoio à seleção. (Reprodução/Instagram)


Schneider ainda levantou a hipótese de um possível boicote à copa no país, ideia que descartou logo em seguida, alegando que não faria diferença. “Então vamos entrar no clima e torcer muito pelo nosso país. Afinal, nosso Brasil, sim, combina com alegria. Vai Brasil!”, concluiu. Nos stories, a modelo ainda compartilhou detalhes dos bastidores da produção especial.  

Assim como outros países de origem árabe, o Catar é lembrado por sua cultura e políticas rígidas. Desde 2004 a homossexualidade é criminalizada no país e, por não permitir que jogadores façam declarações sociopolíticas durante os jogos, a Fifa barrou a braçadeira “One Love” (Um Amor, em português) de entrar em campo, slogan que demonstra apoio à causa LGBTQIA+. No lugar, a organização promoveu a campanha “No Discrimination” (Sem Discriminação, em português) para evitar conflitos com a legislação local.

Apesar de ter sido barrada dos gramados, a “One Love” ainda se fez presente durante os jogos. Alex Scott, ex-jogadora da seleção inglesa e comentarista da copa na BBC, apareceu usando a braçadeira durante um jogo, bem como a ministra do Interior da Alemanha, Nancy Faeser. 

Foto Destaque: Erika Schneider. Reprodução/Instagram 

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo