Celebridades

Entenda como as marcas e as celebridades criam suas parcerias

Várias marcas tornaram Juliette Freire, campeã do Big Brother Brasil 21, sua embaixadora. O mesmo ocorreu com Gil do Vigor. Os dois nordestinos são a bola da vez para os publicitários, com milhões de seguidores nas redes sociais. Entenda como essa re

3 min de leitura
04 Jul 2021 - 15h00 | Atulizado em 04 Jul 2021 - 15h00

Grandes marcas como Havainas, GloboPlay, Avon, Americanas, L’Occitane e Bohemia não perderam tempo e tornaram Juliette Freire, campeã do Big Brother Brasil 21, sua embaixadora. O mesmo ocorreu com Gil do Vigor, que foi chamado pelas marcas Motorola, Ifood, O Boticário, além de ser novo garoto propaganda da marca Vigor, entre outras publicidades. Os dois nordestinos são a bola da vez para os publicitários, com milhões de seguidores nas redes sociais.


(Juliette em propaganda da marca de cerveja Bohemia, Reprodução/Instagram)

(Juliette em propaganda da marca de cerveja Bohemia, Reprodução/Instagram)


A busca por essas duas figuras publicas extremamente populares representa algo maior que só o fato de serem ex-BBBs famosos, representa também a busca das empresas por contatos mais íntimos com as celebridades, que consequentemente gera uma relação mais próxima, frequente e fácil com o publico.

Essa não é uma decisão de RH. É uma tendência que nasce na publicidade e no marketing e envolve todo o planejamento de branding. Temos visto grandes marcas trazendo famosos para atuarem nas suas áreas de Comunicação, Planejamento Estratégico, Criatividade etc. E isso não é por acaso, pois o ganho será de ambos os lados se houver, de fato, alinhamento entre imagem e reputação da marca e do artista. As marcas estão começando a entender que precisam mais do que likes. Precisam ter propósito, contar histórias, fazer parte de algo maior para se tornarem relevantes”, conta a coordenadora de Marketing da Educação, Karin Muller.

https://lorena.r7.com/post/Exclusivo-Ex-BBB-Victor-Hugo-fala-sobre-ataques-na-web-As-pessoas-tem-que-evoluir

https://lorena.r7.com/post/Gil-do-Vigor-estrela-Ta-Lascado-novo-quadro-do-Mais-Voce

https://lorena.r7.com/post/Felipe-Prior-confirma-que-Lucas-Viana-e-Sarah-Andrade-estao-namorando

O contrato entre marca e celebridade é uma forma de mostra ao publico que ambas compartilham mesmos valores e ideais, como os consumidores passaram vários dias acompanhando as histórias dos participantes do reality show, algumas figuras se destacam nesse sentido. Como é o caso de Camilla de Lucas e Arthur Picoli, além é claro de Gil e Juliette.

O BBB abre essas portas, pois tem 20 milhões de pessoas assistindo seus episódios. Outros influenciadores são chamados a ocupar esses cargos nas empresas também, mas têm que trabalhar por muito mais tempo para conquistar o mesmo número de seguidores e relevância. O que um programa como esse faz é acelerar o caminho” avalia Galileu Nogueira, especialista em branding e fundador da consultoria Influxo. “Embaixadores, por exemplo, precisam participar de algumas decisões, pois em tese vão defender e advogar pela marca. Mas há uma banalização da figura atualmente, que é confundida com a do garoto-propaganda. Nem sempre eles atuam para ouvir seu público e melhorar a experiência do produto ou no serviço” conclui Galileu.

Outro fator importante é a veracidade da parceria, que começa com a escolha da empresa de qual celebridade será convidada para realizar a parceira de forma precisa, como um nome que tenha alguma relação com a marca, e a partir desse ponto, desenvolver ações que beneficiem todas as partes.

(Foto destaque: Gil e Juliette em ensaio, Reprodução)

Deixe um comentário