Money

Empresários brasileiros perdem US$ 2,9 bilhões na semana

Empresários brasileiros perdem 2,9 bilhões na semana. O Ibovespa, acumulou uma desvalorização de 2,59% em cinco anúncios. Maior perda foi ocasionada pelo empresário Lemann, acionista das empresas AmBev, Heinz e Burger King.

3 min de leitura
23 Ago 2021 - 11h00 | Atulizado em 23 Ago 2021 - 11h00

Na segunda-feira (16), a fortuna estimada pela Forbes dos dez maiores bilionários do Brasil era de US$ 105,8 bilhões. Após o fechamento nessa sexta (20), esse valor caiu para US$ 102,90 bilhões. Mas por que teve uma queda tão grande durante esses 5 dias?? O Ibovespa, índice de ações que reúne as empresas mais valiosas do país, acumulou uma desvalorização de 2,59% em cinco anúncios. Essa desvalorização também foi observada no patrimônio dos brasileiros super ricos, que ficou US$ 2,9 bilhões menor nesta semana. 


                                                                                                                                                                 

Os bilionários Beto Sicupira, Jorge Paulo Lemann e Marcel Telles (da esquerda para a direita) / Reprodução / Editora Sextante / Divulgação


 

Grande parte da queda foi ocasionada pelo empresário Jorge Paulo Lemann, acionista das empresas AmBev, Heinz e Burger King. Na última semana, o bilionário perdeu US$ 500 milhões. 

 

Lemann ocupa o segundo lugar na lista dos brasileiros mais ricos, atrás de Eduardo Saverin, cofundador do Facebook, que perdeu US$ 200 milhões. A fortuna de cada um é atualmente estimada pela Forbes em US$ 15,8 bilhões e US$ 19,8 bilhões. 

 

Outro registro de perda expressiva foi de Rubens Ometto, CEO da Cosan. No início da avaliação, o empresário tinha uma fortuna de US$ 8,5 bilhões, ao final esse valor caiu para US$ 7,9 bilhões, US$ 600 milhões a menos, segundo estimativas da Forbes. Contudo, ele é classificado como a sexta pessoa mais rica do país. 

 

De Curitiba para o mundo: saiba mais sobre a trajetória de Felippe Percigo

Para atrair o público jovem, visa aposta em cartões vinculados a criptomoedas

Amazon pretende abrir lojas físicas nos Estados Unidos, segundo jornal

 

Os acionistas da AmBevMarcel Herrmann Telles e Carlos Alberto Sicupira viram suas fortunas diminuírem US$ 300 milhões cada uma durante esse período. Em seguida na lista das maiores perdas está André Esteves, sócio do BTG Pactual, cujo patrimônio teve queda de US$ 500 milhões. 

 

Logo depois temos com perdas de US$ 200 milhões cada, Alexandre Behring, CEO da 3G Capital, Alceu Elias Feldmann, fundador da Fertipar e juntos os irmãos herdeiros de Joseph Safra. 

 

O único empresário sortudo que registrou ganhos foi Jorge Moll Filho, fundador da Rede D’Or, cujo patrimônio cresceu US$ 100 milhões nos períodos de cinco dias. 

 

 

(Foto destaque: Empresários brasileiros perdem US$ 2,9 bilhões na semana / Reprodução / eurodicas)

Deixe um comentário