Tech

Empresa libera testes de carros autônomos para o público em São Francisco, Califórnia

Waymo, da Alphabet Inc., conglomerado de empresas responsável pelo Google, libera teste de carros eletrônicos e totalmente autônomos nas áreas residenciais de São Francisco, Califórnia.

3 min de leitura
26 Ago 2021 - 01h00 | Atulizado em 26 Ago 2021 - 01h00

Fundada em 2009 e, inicialmente, conhecida como “projeto de carro autônomo do Google”, a Waymo faz parte da Alphabet Inc. e surgiu com o intuito de desenvolver tecnologia para carros autônomos e completou seu primeiro passeio sem motorista em espaço público em 2015.

O anúncio feito na última terça-feira (24), mostrou o quanto ainda falta para que o transporte autônomo se torne comum. Ainda assim, os carros eletrônicos e totalmente autônomos já estão em funcionamento e a Waymo espera liberar os “robotáxis” para todos em menos tempo do que levou para lançá-los, cerca de três anos.

Até o presente momento, qualquer um pode se inscrever no aplicativo. No entanto, a Waymo está selecionando a dedo quem poderá desfrutar do serviço. A expectativa é de que a lista cresça gradualmente, chegando a alcançar centenas de pessoas.  


Empresa libera testes de carros autônomos para o público em São Francisco, Califórnia (Foto: Reprodução/Flickr/Angela37905)


Os utilitários esportivos (SUVs) I-Pace, da Jaguar Cars, são totalmente eletrônicos e estão operando nas áreas residenciais de São Francisco. Em virtude do período de “testes”, todos os carros contam com operadores, ocupando o banco do motorista, preparados para possíveis emergências.

O diretor sênior de produtos da Waymo, Sam Kansara, revelou que este é um passo para obtenção de mais informações para a divulgação de um roteiro no futuro. Espera-se que, a partir da experiência, os usuários falem sobre os desafios no momento do embarque/desembarque, causados não só pelo espaço limitado das calçadas de São Francisco como também pelos estacionamentos em fila dupla.

Apple aposta em parceiros chineses para fabricar iPhones mais recentes

Otnet lança conjunto de soluções para reduzir os riscos de operações e-commerce

Bancos temem falhas de serviços de computação em nuvens

Kansara também declarou que ainda há muito a ser feito e admitiu que os veículos autônomos estão demorando mais do que era esperado, tanto pela empresa quando pelos concorrentes.

Vale lembrar também que, a Waymo passou a autorizar, ainda em outubro de 2020, a compra de corridas em minivans (Chrysler Pacifica) em certos subúrbios de Phoenix, cidade mais populosa do Arizona.

 


Foto destaque: 
Empresa libera testes de carros autônomos para o público em São Francisco, Califórnia. Reprodução/Pixabay.

Deixe um comentário