Celebridades

Emília Clarke contou sobre os AVCs que teve: "É notável que eu seja capaz de falar"

A atriz que interpretou Khaleesi na série 'Game of Trones', revelou detalhes sobre os danos cerebrais que sofreu enquanto gravava o seriado e as suas consequências.

3 min de leitura
18 Jul 2022 - 18h48 | Atualizado em 18 Jul 2022 - 18h48

Neste domingo (17), Emília Clarke, de 35 anos, concedeu uma entrevista ao ‘Sunday Morning’, e relembrou os AVCs que sofreu em 2011 e 2013 enquanto gravava a série ‘Game of Trones’. Ela interpretou uma das protagonistas, Daenerys Targaryen, a mãe dos dragões. A atriz contou detalhes de como tudo aconteceu na época.

A escritora definiu a sensação como a dor mais excruciante que já sentiu na vida. Ela comentou que tinha episódios enormes de vômito, dor de cabeça e que perdia a consciência em alguns momentos. Emília revelou que ficava repassando as falas da sua personagem na cabeça e isso lhe ajudava a recobrar os sentidos. Ela tinha 22 anos na época em que sofreu o primeiro AVC e afirmou que a gravação de ‘Game of Thrones’ lhe deu um propósito.

A filantropa se mostrou admirada a respeito de como o seu corpo se recuperou: "Tem uma quantidade de meu cérebro que não é mais utilizável, e é notável que eu seja capaz de falar, às vezes de forma articulada, e viver minha vida completamente normal, sem absolutamente nenhuma repercussão”. A atriz falou que faz parte de uma minoria muito pequena de pessoas que sobreviveram a esse processo.



Emília brincou com o fato de literalmente faltar um pedaço do seu cérebro e disse que isso sempre a faz rir. Ela explicou que em caso de AVCs, assim que qualquer parte do seu cérebro fica sem receber sangue por um segundo, ele desaparece, e assim o sangue encontra uma rota diferente para se locomover. A artista acredita que esse acontecimento demonstra o quão pouco do cérebro realmente é utilizado pelas pessoas.

Em 2019, a estrela do filme ‘Como eu era antes de você’, fundou a ‘SameYou’, uma instituição de caridade que ajuda indivíduos que assim como ela, foram vítimas de lesões cerebrais. O instituto é focado na recuperação mental e emocional dessas pessoas. Em 2020, Emília recebeu da American Brain Foundation, o prêmio ‘Public Leadership in Neurology’, pelo seu incansável trabalho na luta pela conscientização a respeito da reabilitação neurológica.

 

Foto Destaque: Emília Clarke no colo do ator Jason Mamoa. Reprodução/Instagram.

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo