Celebridades

Em meio a pandemia, Diego Hypólito é flagrado em bar

Na noite da última sexta-feira (21), o ex-ginasta Diego Hypólito foi flagrado em um bar na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro em plena pandemia e sem máscara.

3 min de leitura
22 Mai 2021 - 20h04 | Atulizado em 22 Mai 2021 - 20h04

Na noite da última sexta-feira (21), o ex-ginasta Diego Hypólito foi flagrado em um bar na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro em plena pandemia e sem máscara. A informação foi divulgada primeiramente pela jornalista Fabia Oliveira, do Jornal O Dia. 

Diego irá fazer parte da equipe de comentaristas da rede Globo para as Olimpíadas de Tóquio. A Prefeitura do Rio de Janeiro prorrogou até 31 de maio as medidas restritivas de funcionamento de atividades de serviços para diminuir a contaminação por Covid-19 na capital fluminense. A  nformação foi publicada quinta-feira (20), no Diário Oficial do Município. Bares com música ao vivo podem funcionar até as 23h. A foto foi tirada por volta das 22h.

Maisa Silva celebra os 19 anos em ensaio deslumbrante

Danny Masterson vai a julgamento por estupro

MC Marcelly revela após prisão do marido: ‘Tive muito medo de morrer’


Ex-ginasta Diego Hipólito é flagrado em bar na Barra da Tijuca. (Reprodução/internet)


NOVOS PROJETOS E APOSENTADORIA

Vice-campeão olímpico e duas vezes ouro em Campeonatos Mundiais, Diego Hypólito anunciou no programa Altas Horas, comandado por Serginho Groisman, que vai se aposentar da ginástica artística.

Durante o programa, o atleta paulista afirmou que irá se dedicar a novos projetos. Hypólito tinha poucas chances de se classificar para os Jogos Olímpicos de Tóquio, que ocorrerão entre julho e agosto do próximo ano.

Eu estou anunciando a minha aposentadoria na ginástica, que foi a melhor coisa que eu vivi na minha vida, tudo que eu passei. Foi tudo muito bom de verdade”, afirmou.

Ao longo de mais de 25 anos de prática na modalidade, Hypólito converteu-se em um dos mais vencedores e populares atletas olímpicos brasileiros. Ele começou a ter destaque em 2005, quando aos 19 anos conquistou o ouro no solo no Campeonato Mundial de Melbourne, na Austrália. Dois anos depois, amealhou o título na mesma prova em Stuttgart, na Alemanha. Além disso, foi prata no solo na edição de Aarhus, em 2006.

Hypólito também foi ao pódio no solo nos Mundiais de Tóquio, em 2011, e Nanning, em 2014.

“Nunca imaginei que iria me tornar um bicampeão mundial dentre tantas pessoas abençoadas, pessoas que se esforçam. Eu queria que vocês soubessem que todos os meus resultados foram de vocês todos, em conjunto comigo. Muito obrigado. Estou me aposentando, mas agora vou entrar como cantor”, brincou.

Recentemente, ele anunciou o lançamento de um livro autobiográfico em que detalha mais dificuldades de se assumir homossexual.

Além das medalhas em Jogos Olímpicos e Campeonatos Mundiais, Hypólito deixa o esporte com oito pódios em Jogos Pan-Americanos (cinco ouros e três pratas) e dezenas em Copas do Mundo.

 

 (Foto destaque: Diego Hypólito sorri para foto na piscina. Reprodução/Instagram)

Deixe um comentário