Notícias

Em entrevista ao Ratinho, Lula comenta o cenário político atual e ouve elogio: “Você encanta”

Entrevista faz parte do programa Candidatos com Ratinho, do SBT, e nele os candidatos mais bem colocados nas pesquisas são convidados para sabatina. Além do petista, Jair Bolsonaro (PL), Ciro Gomes (PDT) e Simone Tebet (MDB) também foram entrevistados.

3 min de leitura
23 Set 2022 - 14h35 | Atualizado em 23 Set 2022 - 14h35

Nesta quinta-feira (22), foi ao ar mais um episódio da série Candidatos com Ratinho, no SBT, apresentado por Carlos Massa, mais conhecido como Ratinho. O entrevistado da vez foi o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que concorre à presidência da República pelo Partido dos Trabalhadores (PT), que criticou os adversários Jair Bolsonaro, que concorre à reeleição pelo Partido Liberal (PL), e Ciro Gomes, do Partido Democrático Trabalhista (PDT).

Na oportunidade, o presidenciável fez um apelo para que os eleitores não se abstenham do exercício de cidadania ao votar e chamou o atual presidente de “ignorante” e “chucro”, enquanto criticava a gestão dele na crise sanitária causada pelo novo coronavírus.

Questionado por Carlos Massa sobre erros cometidos por Jair Bolsonaro na condução da pandemia de Covid-19 no Brasil, Lula foi direto.

“O Bolsonaro, você sabe que ele é meio ignorantão. Ele é bem chucro“, disse. “Ele poderia ter montado um comitê de crise, ele poderia ter ouvido o conselho mundial de saúde, ele poderia ter montado um conselho com os principais secretários de Saúde dos estados brasileiros e poderia ter comprado a vacina na hora certa. Ele ficou brincando.”


Luiz Inácio Lula da Silva no programa Candidatos com Ratinho, apresentado por Carlos Massa. (Foto: Reprodução/Portal R7)

Luiz Inácio Lula da Silva no programa Candidatos com Ratinho, apresentado por Carlos Massa. (Foto: Reprodução/Portal R7)


Em seguida, Lula lembrou ainda que o Brasil foi um dos primeiros países a receber ofertas de vacinas contra a Covid-19 e acusou o atual presidente de não ter realizado a compra por desacreditar na ciência, nas vacinas. Na sequência, fez uma comparação do presidente com o que chamou de “capiau”, referindo-se aos moradores do interior do estado de São Paulo.

“Ele zombava da pandemia, ele brincava. É uma estupidez de alguém que é um pouco ignorante. É o que ele é mesmo, um pouco ignorante. Aquele jeitão bruto dele, aquele jeitão de capiau, sabe? Lá do interior de São Paulo“, declarou o ex-presidente.

Críticas ao Ciro Gomes

Em relação a Ciro Gomes, Lula disse que o adversário sofre com surtos. A crítica ocorreu quando o apresentador Ratinho afirmou que o presidenciável pelo Partido Democrático Trabalhista (PDT), havia prometido “acabar com quem está devendo”, ao tratar sobre a alta da inflação.

“Eu vi. Eu acho que o Ciro está surtando”, alfinetou. “Eu vi o Ciro falar para você aqui que a taxa de juros está muito alta. Ele foi ministro da Fazenda durante três meses. Você sabe qual era a taxa de juros quando ele foi ministro? 55%. Se ele tiver memória curta, é importante ele lembrar, ele era ministro.”

Abstenções

Com o objetivo de diminuir a abstenção na votação das eleições que acontecem no próximo dia 2 de outubro, quando acontece o primeiro turno, Lula se dirigiu aos telespectadores: “Você que acha que vai se abster, que não gosta de ninguém, por favor, vá à urna e vote em quem você acreditar que vai consertar este País. Se você não for votar, não vai poder cobrar nada de ninguém. É importante que você assuma a responsabilidade. Esse Brasil será da qualidade que você quiser, do tamanho que você quiser, tão bom quanto você quiser”, implorou.


Bastidores do programa Candidatos com Ratinho. (Foto: Reprodução/Portal R7)

Bastidores do programa Candidatos com Ratinho. (Foto: Reprodução/Portal R7)


O ex-presidente também defendeu o legado do seu governo em diferentes aspectos que usualmente são levantados por opositores como negativo.

Obras em outros países

Na questão do financiamento de obras em outros países, como Venezuela, Nicarágua, o presidenciável pelo Partido dos Trabalhadores (PT) argumentou que a construção do metrô de Caracas havia sido iniciada durante o governo de Fernando Henrique Cardoso (PSDB). Lula alegou, ainda, que esse tipo de operação consiste na venda de tecnologia e mão de obra brasileiras, em contratos que obrigam o país que recebe a obra a contratar componentes do Estado que a financia.

Além disso, negou que tenha deixado de arcar com financiamentos no Brasil para privilegiar o exterior e países amigos. O petista afirmou também que, em seu governo, o Brasil havia deixado o título de devedor do Fundo Monetário Internacional (FMI) e passado a ser credor com reserva bilionária.

“Quando você está financiando uma obra lá fora, está financiando e exportando a sua engenharia”, afirmou.

Promessas

Caso seja eleito, o ex-presidente voltou a prometer uma reunião com os 27 governadores já na primeira semana de gestão e disse que pretende elencar as três principais obras de cada estado.

Impeachment 

Lula também criticou o impeachment, que considerou golpe, contra a ex-presidente Dilma Rousseff e disse que uma das consequências dele foi o desmanche das políticas da Petrobras, que, segundo ele, rumavam para o desenvolvimento de tecnologias a fim de que a estatal passasse a exportar derivados do petróleo, e não apenas óleo cru.

Combate à fome

Em relação à fome, Lula prometeu novamente que as camadas mais populares terão acesso a carnes nobres, como a picanha, e enalteceu políticas de financiamento da sua gestão à agricultura familiar, o aumento anual do salário mínimo acima da inflação, além do retorno de programas sociais como o Bolsa Família e o Minha Casa, Minha Vida.

Meio Ambiente

Sobre o meio ambiente, Lula criticou duramente as queimadas na Amazônia e disse que o Brasil pode enriquecer a partir de projetos de preservação, sem “plantar soja no Pantanal” e em demais áreas protegidas. O ex-presidente também defendeu a atuação do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) e disse que a organização atualmente “está em outra”. Na ocasião, citou o trabalho em cooperativas e exaltou a produção de arroz orgânico, produzido em sua grande maioria pelo movimento.

Esquerda x Direita 

Em determinado momento, o petista se declarou como um “cidadão de esquerda” e disse querer “construir um mundo mais harmonioso” entre patrões e empregados.

Nova pesquisa eleitoral aponta ampla vitória de Lula sobre Bolsonaro

A entrevista ocorreu momentos após a divulgação da mais recente pesquisa Datafolha, em que Lula apareceu em uma oscilação positiva, marcando 47% contra 33% de Jair Bolsonaro. O petista não pretende comparecer ao debate presidencial no Sistema Brasileiro de Televisão (SBT), marcado para este sábado (24), mas confirmou aparição na TV Globo na semana que vem.

No encerramento, Ratinho pediu para Lula dar suas declarações finais em um minuto. “Faltam poucos dias para as eleições. E eu queria que você comparecesse, você que acha que vai se abster, que acha que não gosta de ninguém. Por favor, vá para a urna, escolha quem você acreditar que vai consertar esse país. Mas vote, para você ter o direito de reclamar, de xingar, de cobrar. Se você não for votar, você não vai poder cobrar nada de ninguém. Então veja a importância de assumir essa responsabilidade sobre esse Brasil, que será da qualidade e do tamanho que você quiser. Por isso, no dia 2 de outubro, compareça às urnas e deposite amor e esperança, e não ódio, naquelas urnas”, pediu o petista.

“Muito bem, assim nós encerramos a série Ratinho com os candidatos. Muito obrigado a você, desculpe por ter incomodado nesse horário depois do jornal, e a gente volta com a nossa programação ao normal. Um abraço. Obrigado, presidente”, concluiu o apresentador, cumprimentando Lula. “Um abraço, querido”, agradeceu o político.

Confira a entrevista completa:


Sabatina completa com Luiz Inácio Lula da Silva foi ao ar ontem, quinta-feira (22), no SBT. (Foto: Reprodução/SBT)


Equipe Lula

Além da coordenação de campanha do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, estavam nos bastidores  a esposa do candidato, Rosângela da Silva, carinhosamente chamada de Janja, e Geraldo Alckmin, candidato a vice na chapa.


Lula, Ratinho e Geraldo Alckmin. (Foto: Reprodução/Portal R7)

Lula, Ratinho e Geraldo Alckmin. (Foto: Reprodução/Portal R7)


Exercício de cidadania

Importante destacar que o exercício da cidadania começa pela escolha dos representantes da população para os cargos dos Poderes Executivo e Legislativo nas esferas federal, estadual ou municipal.

Por isso, é fundamental que todos os eleitores, até mesmo aqueles para os quais o voto é facultativo, compareçam às urnas eletrônicas no dia 2 de outubro, quando acontece o primeiro turno e no dia 30 de outubro, em caso de um em eventual segundo turno, para contribuírem com a definição dos caminhos do país.

 

 

Foto destaque: Luiz Inácio Lula da Silva e Carlos Massa. Reprodução/Parido

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo