Notícias

Em carta, criança de 9 anos relata ter sido estuprada pelo pai e avô: ‘Doía muito, mas ele continuava’

Uma criança de 9 anos denunciou ter sofrido abuso sexual do próprio pai e do avô em São José dos Campos, no interior de São Paulo. O caso foi denunciado em junho deste ano e segue em investigação, sem ninguém ter sido preso

3 min de leitura
22 Set 2022 - 10h31 | Atualizado em 22 Set 2022 - 10h31

Uma criança de 9 anos denunciou ter sofrido abuso sexual do próprio pai e do avô em São José dos Campos no interior de São Paulo, os abusos foram descobertos pela mãe em junho deste ano, que denunciou o crime para a polícia e já passaram três meses da denúncia e ninguém ainda foi preso, a criança que faz acompanhamento psicológico relatou o abuso em uma carta.


                               

Em carta, criança de 9 anos relata ter sido estuprada pelo pai e pelo avô. (foto/reprodução: G1)


A mãe da menina, enquanto ela lavava roupas, desconfiou que a criança estivesse sendo violentada, até então ela nunca tinha desconfiado que isso tivesse acontecendo.

“Eu estava lavando roupa, quando encontrei uma calcinha dela com manchas de sangue. Estranhei, porque ela ainda não menstrua e conversando ela revelou que o sangue era dos machucados que o pai e o avô haviam causado na região íntima dela, ao estuprá-la”, conta a mãe.

A criança ainda contou que o pai abusava dela desde os cinco anos de idade, já o avô teria iniciado os abusos há cerca de dois anos.

“Durante muito tempo trabalhei em shopping e por isso o pai ficava cuidando das crianças aos finais de semana. Os abusos aconteciam justamente quando eu estava trabalhando e ele ficava em casa. Já com o avô, os abusos aconteciam quando eu precisava que ele buscasse ela na escola”, contou a mãe.

O caso foi denunciado na Delegacia da Mulher de São José dos Campos e está sendo investigado pela Polícia Civil. O pai da menina fugiu logo após a denúncia.

“Assim que descobri corri com ela para a delegacia e prestei queixa contra o pai dela e o avô. Mesmo com provas e o exames que compravam o abuso, por telefone o pai dela me chamou de louca, dizia que não tinha feito nada e antes que eu voltasse da delegacia ele já havia fugido. Foi embora levando só a roupa do corpo e a habilitação. Foi muito chocante e doloroso descobrir isso, porque eram duas pessoas que eu confiava e que nunca desconfiei que pudessem fazer algo assim”, afirmou a mãe.

A Justiça remeteu uma medida protetiva para a criança, impedindo que o pai e o avô não se aproximem da menina. Agora ela faz acompanhamento psicológico para se recuperar dos traumas sofridos e também tratamento médico, para se recuperar das lesões físicas e prevenir assim doenças sexualmente transmissíveis que ela possa ter tido contato.

 

Foto Destaque: Abuso Contra criança. (foto/reprodução: Agência Brasil)

 

 

 

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo