Notícias

Eleições 2022: Confira os acordos já selados por Lula e Bolsonaro após o primeiro turno

Será a primeira vez desde a redemocratização em que um presidente disputará a reeleição em segundo turno em desvantagem, concorrendo com um ex-presidente da república.

05 Out 2022 - 17h00 | Atualizado em 05 Out 2022 - 17h00
Eleições 2022: Confira os acordos já selados por Lula e Bolsonaro após o primeiro turno Lorena Bueri

Mais de 156 milhões de brasileiros estiveram aptos a comparecer às urnas neste domingo (2/10) nas eleições 2022, segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Na votação, os eleitores tiveram de escolher seus candidatos para presidente, governador, senador, deputado federal e estadual. Na disputa entre os candidatos à Presidência da República, haverá segundo turno entre o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o atual presidente da República Jair Bolsonaro (PL).

O atual presidente se manteve à frente de Lula na maior parte do tempo durante a apuração, mas à medida que foi sendo apurado os votos no nordeste, o petista foi ultrapassando Bolsonaro, mais precisamente, as 20:19h (horário de Brasília), com 79, 32% das seções apuradas, o ex- presidente Lula começa a liderar a disputa.

Era pouco mais de 22:20h quando foi cravado que a disputa iria para o segundo turno. Com o resultado de 48,43% dos votos válidos o petista não conseguiu ultrapassar a margem de 50% mais um voto que lhe daria a vitória ainda em 1º turno. Foram apuradas 99,26% das urnas.

Bolsonaro ficou com 43,20% dos votos válidos, acima do que indicavam as pesquisas da véspera. A desidratação de Ciro Gomes (PDT) esboçada nos últimos levantamentos se confirmou e o pedetista terminou a disputa atrás de Simone Tebet (MDB), que está com 4,16% dos votos válidos ante 3,04% do ex-ministro que concorreu pela quarta vez ao Planalto.

Alianças no segundo turno

 

Lula

O ex-presidente recebeu o apoio do PDT, partido de Ciro Gomes, que disputou a eleição presidencial, mas conquistou 3,5 milhões de votos (3,04%), ficando em quarto lugar no primeiro turno.

O presidente da legenda, Carlos Lupi, ao declarar o apoio, chamou o petista de “democrata” e Bolsonaro de “aspirador a ditador”.

Ciro Gomes divulgou um vídeo nas redes sociais para endossar o apoio do PDT, "Fiquem certos que, como sempre fiz, vou fiscalizar, acompanhar e denunciar qualquer desvio do governo que assuma em janeiro", afirmou ele.

O Cidadania, um dos partidos que apoiou a candidatura de Simone Tebet (MDB) no primeiro turno, anunciou que estará ao lado no próximo dia 30.

O presidente da legenda, Roberto Freire, afirmou que a decisão foi quase por unanimidade: três votos defenderam a neutralidade. Ele disse também que houve “unanimidade contra Bolsonaro”.


O ex-presidente FHC declarou apoio a Lula nesta quarta-feira. (Foto Reprodução: Instituto Lula)


Além dos senadores tucanos Tasso Jeiressati e José Serra declararem apoio a Lula, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) declarou abertamente o apoio ao petista. Ao justificar o voto, FHC afirmou: "Neste segundo turno voto por uma história de luta pela democracia e inclusão social. Voto em Luiz Inácio Lula da Silva."

Após almoço nesta quarta-feira (05) na casa da ex-senadora Marta Suplicy, a terceira colocada, Simone Tebet (MDB) também declarou voto em Lula.

Bolsonaro

Até o momento, quatro governadores declararam apoio ao presidente Bolsonaro. O primeiro foi Romeu Zema, de Minas Gerais. Reeleito com 56,18% dos votos, o político mineiro disse que acredita "muito mais" na proposta do chefe do Executivo do que na de Lula. 

Já Cláudio Castro, reeleito governador do Rio de Janeiro com quase 60% dos votos, falou que Bolsonaro tem seu apoio "desde sempre". 

O governador de São Paulo, Rodrigo Garcia (PSDB), que não foi para o segundo turno e encerrou, assim, um ciclo de 28 anos de PSDB no estado paulista, afirmou que o mandatário tem seu "apoio incondicional". A disputa pelo Palácio dos Bandeirantes será decidida entre Tarcísio de Freitas (Republicanos) e Fernando Haddad (PT).


Sérgio Moro e Jair Bolsonaro. (Foto: Marcos Correa/ Site do Planalto)


Os governadores Ibaneis Rocha e Ratinho Jr., reeleitos no Distrito Federal e no Paraná, respectivamente, reforçaram os apoios ao mandatário.

O ex-juiz e ex-ministro Sergio Moro (União Brasil), eleito senador pelo Paraná, também apoia Bolsonaro no segundo turno contra Lula. Em 2020, Moro, deixou o Ministério da Justiça acusando o presidente de tentar interferir na PF (Polícia Federal).

Segundo Turno

O segundo turno das eleiçoes de 2022 será relaizado no dia 30 de outubro.

 

Foto Destaque: Lula e Bolsonaro disputarão o segundo turno. Foto Reprodução: Jornal O Tempo.

VEJA TAMBÉM

Comitê americano dificulta ações da Polícia Federal para coibir perfis envolvidos em milícias digitais  Lorena Bueri

Comitê americano dificulta ações da Polícia Federal para coibir perfis envolvidos em milícias digitais 

O Comitê de Assuntos Judiciários dos Estados Unidos é composto por maioria de parlamentares que são contra solicitações do Ministro Alexandre de Moraes, o que dificulta o trabalho da Polícia Federal
Belo viaja com Thiaguinho após boatos de separação com Gracyanne Lorena Bueri

Belo viaja com Thiaguinho após boatos de separação com Gracyanne

Belo foi visto no aeroporto do Rio nesta quinta feira (18) acompanhado do também cantor Thiaguinho. Segundo sites , o cantor que é casado há 16 anos com Gracyanne Barabosa estaria com o casamento chegando ao fim. Conforme fontes próxima ao casal, ele
Gisele Bündchen fala sobre a força da maternidade em nova campanha de joias Lorena Bueri

Gisele Bündchen fala sobre a força da maternidade em nova campanha de joias

Modelo abre o coração em nova ação de Dia das Mães
Presidente-executivo da Petrobras nega alterações em preços de combustíveis Lorena Bueri

Presidente-executivo da Petrobras nega alterações em preços de combustíveis

O preço do Brent, referência global do petróleo, oscila bastante este mês, quando chegou a atingir a cotação máxima impactado pelas tensões entre Israel e Irã
Atalanta é derrotado por Liverpool, mas se classifica para às semifinais da Liga Europa Lorena Bueri

Atalanta é derrotado por Liverpool, mas se classifica para às semifinais da Liga Europa

Time italiano sofre derrota em segundo jogo pelas quarta de final da Liga Europa, mas se classifica para com placar agregado da primeira partida
Karol G é confirmada para Rock in Rio 2024 no mesmo dia de Katy Perry Lorena Bueri

Karol G é confirmada para Rock in Rio 2024 no mesmo dia de Katy Perry

A cantora se apresenta no "Dia delas", que também terá participação de Iza, Gloria Gaynor, Ivete Sangalo e Cyndi Lauper. A colombiana também já tem show marcado em São Paulo
Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo