Notícias

Donald Trump anuncia pré-candidatura à presidência em 2024

O ex-presidente dos Estados Unidos, anunciou a pré-candidatura para a próxima eleição presidencial dos Estados Unidos. Com os documentos entregues, Donald Trump agora precisa passar pela disputa interna do partido.

3 min de leitura
16 Nov 2022 - 10h30 | Atualizado em 16 Nov 2022 - 10h30

Donald Trump anunciou sua pré-candidatura para concorrer à presidência dos Estados Unidos em 2024. Nesta terça-feira (15), o ex-presidente discursou na sua mansão na Flórida junto de seus apoiadores.  Trump usou o mesmo slogan das campanhas passadas para fazer o anúncio. “Para fazer a América voltar a ser grande de novo, estou anunciando esta minha candidatura para presidente dos Estados Unidos”.

Os documentos necessários para formalizar a campanha foram protocolados pelos assessores do republicano mais cedo no mesmo dia. Para de fato enfrentar o atual presidente Joe Biden nas urnas, Trump precisa primeiro vencer a disputa interna do partido republicano.

A expectativa era usar os ganhos da sigla do partido nas últimas eleições para impulsionar sua candidatura. No entanto, o resultado do partido republicano não foi tão expressivo quanto se espera. Donald Trump, inclusive, está sendo apontado como culpado pelo apoio a vários candidatos derrotados, dessa forma o partido democrata assumiu o controle do Senado. O republicano negou ter responsabilidade sobre o resultado inferior.


Pesquisas indicavam ligeira vantagem ao Partido Republicano nas eleições do Congresso (Foto: Reprodução/Ralph Freso/Getty Images)


Em seu discurso, Trump voltou a minimizar as mudanças climáticas, atacou Biden, chamou o coronavírus de ‘vírus da China’, falou da fronteira com o México e sobre a alta da inflação e aumento dos preços dos combustíveis. Ele continuou usando os termos nacionalistas “América grande” e “sonho americano”.

Donald Trump foi o primeiro presidente da história do país a sofrer um impeachment duas vezes. Atualmente, o ex-presidente ainda enfrenta diversas investigações criminais. Ao contrário da orientação feita pelos assessores e aliados, Trump não quis esperar até o fim do segundo turno da eleição para o Senado, em dezembro, para anunciar os novos planos.

A senadora republicana Cynthia Lummis, de Wyoming, na segunda-feira foi questionada se apoiaria o ex-presidente. “Não acho que essa seja a pergunta certa. Acho que a questão è: quem é p atual líder do Partido Republicano?” ela respondeu.  Para essa pergunta ela deu um nome: Ron DeSantis.

No estado de Utah, 86 legisladores republicanos demonstraram a sua insatisfação com Trump e enviaram um comunicado à imprensa que pedia que DeSantis concorresse. Em Michigan, o chefe do gabinete do Partido Republicano, Paul Cordes, criticou os candidatos apoiados por Trump em um memorando interno de quatro páginas. Outra crítica do ex-presidente, a deputada Liz Cheney, está considerando a própria candidatura para 2024 e destacou a derrota dos candidatos apoiados por Trump.

Foto destaque: Donald Trump e a esposa, Melania Foto: Reprodução/Octavio Jones/Reuters

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo