Saúde

Divulgação de dados sobre Covid-19 voltam ao seu funcionamento normal

A média de casos chega à marca de 9.874. A informação foi divulgada pelo consórcio de veículos de imprensa e enfatiza o Brasil com 619.426 óbitos e 22.322.027 casos do coronavírus.

3 min de leitura
05 Jan 2022 - 14h25 | Atualizado em 05 Jan 2022 - 14h25

Nesta terça-feira (4), os estados começaram a normalizar a divulgação de dados de Covid-19 no Brasil depois do apagão de dados do Ministério da Saúde.

Nas últimas 24 horas, o Brasil registrou cerca de 178 mortes por Covid-19 e totalizou terça a marca de 619.426 óbitos desde o começo da pandemia. Dessa forma, nos últimos 7 dias a média móvel de mortes foi de 96. Comparando com a média dos 14 dias anteriores, a variação foi de -14%, essa informação indica a estabilidade nos óbitos causados pela doença.

Houve 22.322.027 casos registrados. A média móvel está em 9.874 após o apagão de dados do Ministério da Saúde, situação que vem dificultando os balanços de alguns estados. No fim das contas, o aumento foi de 253%. Somente seis estados não registraram mortes, são eles: AL, AM, AP, GO, PB e RR. 


Média móvel de mortes. (Reprodução/g1)


O consórcio de veículos de imprensa divulgou os números em seu mais novo levantamento sobre a situação em que o Brasil se encontra com a pandemia, consolidados às 20h. Esse balanço é realizado com base em dados das secretarias estaduais de Saúde. 

No caso da Secretaria de São Paulo, começaram a extrair os dados, porém não correspondem com a realidade. Já a Secretaria de Saúde do Rio de Janeiro informou que os dados desta terça-feira deixam claro o represamento de informações dos dias anteriores.

Os especialistas acreditam que esse aumento é oriundo dos dados acumulados do sistema de notificações do Ministério da Saúde e por causa da alta disseminação da variante ômicron.

O Ministério da Saúde, no dia 12 de dezembro, havia informado que o processo de recuperação dos registros dos cidadãos vacinados tinha sido terminado. Porém o ministro Marcelo Queiroga, no dia seguinte, informou sobre a ocorrência de um novo ataque hacker, e a previsão de estabilidade do sistema (14 de dezembro) não foi cumprida.

Atualmente, no Brasil são oito estados onde os casos estão em alta, são eles: Pernambuco, Ceará, Amapá, Rio de Janeiro, Bahia, Mato Grosso, Sergipe e Amazonas.

Seis estados estão com quadro de estabilidade: Acre, Mato Grosso do Sul, Tocantins, Goiás, Paraná e Rondônia.

Já com tendência de queda, junto ao Distrito Federal, há 12 estados, são eles: Pará, Paraíba, Santa Catarina, Maranhão, Minas Gerais, São Paulo, Rio Grande do Sul, Espírito Santo, Piauí, Rio Grande do Norte, Roraima e Alagoas. 

Foto Destaque: Vírus SARS-CoV-2, causador da Covid-19. Reprodução/Portal Saúde no Ar.

LEIA MAIS

Deixe um comentário