Diretor de 'Modo Turbo' detona Anitta: ''Alguém que escolhe tratar mal as pessoas''

Publicado 25 de Dec de 2020 às 17:47

'Modo Turbo', nova música de Luísa Sonza, Anitta e Pabllo Vittar, lançado na última segunda-feira (21), já tem a primeira treta. Isso porque um dos diretores do clipe, Marco Lafer, usou as redes sociais nessa quinta-feira (24) para falar um pouco sobre os bastidores do projeto. Respondendo a perguntas dos internautas, o dono da Alaska Filmes criticou o comportamento de Anitta.

''O que posso dizer é que a gente discorda completamente da conduta profissional da Anitta. Nunca destratei ninguém da minha equipe, simplesmente não entendo por que alguém escolhe deliberadamente tratar mal as pessoas'', disse Marco, no Instagram, respondendo a pergunta de uma internauta sobre como foi trabalhar com a cantora.

Leia Mais: Anitta, Pabllo Vittar e Luísa Sonza mostram caracterização para novo videoclipe


Anitta e produtorDiretor de 'Modo Turbo' detona Anitta no Stories (Foto Reprodução/Instagram)


Em outro Storie, o diretor alfinetou Anitta ao dizer qual parte mais complicada de produzir o clipe. ''Lidar com o ego e a falta de caráter de uma celebridade em específico''. As indiretas começaram quando ele foi questionado sobre de quem foi a ideia do clipe.

''A premissa chegou pra gente por meio da Anitta. Ela teve essa ideia de que a Pabllo, Luisa e ela chegariam no arcade, encontrariam uma máquina de dança e escolheriam os avatares para dançarem neste jogo. A partir desse embrião, demos mais contorno pra ideia. Demos ideia do arcade abandonado, o robô dançarino, que vira o robô do mal que eles combatem. Assim que gostamos de trabalhar: contribuindo com ideias que tragam ação, mistério, coisas divertidas para a narrativa. Porque, afinal, acreditamos na colaboração. Para ficar legal, precisa ter muita gente trocando ideia, com respeito da equipe. Ninguém faz nada sozinho'' desabafou Marco, marcando Anitta na publicação em que falava sobre colaboração.

Logo após as críticas, Anitta se pronunciou no Twitter sem citar nomes. ''Acho que as pessoas escolheriam poupar sua energia se soubessem minha reação quando vejo falando mal de mim depois que já não estão mais na minha presença'', disse, colocando um emoji de riso.

Ao ver a polêmica, Luísa Sonza se comunicou em favor da cantora carioca, também através do Twitter. Segundo ela, a crítica aconteceu por conta do machismo. ''Estou desapontada com o posicionamento e a falta de profissionalismo da produtora Alaska Filmes. Sabemos como homens se sentem quando uma mulher bem sucedida e poderosa se impõe e é clara com o que ela quer, infelizmente'', escreveu.

A loira recebeu a resposta de Anitta. ''E eu só a vergonha de ter te falado para fazer com eles, amiga''. Anitta também alfinetou o diretor de volta ao ironizar sobre profissionalismo. ''Eu como ser humano antiprofissional que sou já mandei meu textinho...mas no privado (Sim, eles têm meu número de telefone). Imagina fazer isso nos stories. Era profissionalismo demais pra mim'', escreveu.

Após a polêmica, o perfil no Instagram da Alaska Filmes foi desativado. Vale lembrar que depois da estréia do documentário de Anitta, na última semana, ela foi alvo de críticas na web. Isso em razão dos trechos em que ela aparece xingando a equipe por problemas no figurino.

 

(Foto destaque: Marco Laffer e Anitta. Reprodução/Instagram)

Deixe um comentário