Notícias

Deputado falecido há 1 mês é reeleito nos EUA

Tony DeLuca faleceu no dia 9 de outubro, aos 85 anos em decorrência de um câncer, mesmo assim foi reeleito na Pensilvânia com mais de 80% dos votos, partido do estado comunicou que a recontagem dos votos será realizada.

3 min de leitura
10 Nov 2022 - 20h40 | Atualizado em 10 Nov 2022 - 20h40

Tony DeLuca, deputado democrata, falecido há 1 mês, foi reeleito nas eleições legislativas deste ano, com 86% dos votos, dos 98% apurados, nesta quarta-feira (9), no estado da Pensilvânia, nos EUA. O Partido Democrata da Pensilvânia, lamentou o ocorrido e informou nas redes sociais que uma nova recontagem dos votos deverá acontecer.  

“Estamos terrivelmente tristes de termos perdido o deputado Tony DeLuca, mas estamos orgulhosos que de ver que os eleitores continuaram manifestando sua confiança nele e no seu compromisso com os valores democráticos o reelegendo de forma póstuma”, publicou o partido no Twitter. 

Segundo informações do portal UOL, Tony DeLuca faleceu aos 85 anos, vítima de um linfoma, no dia 9 de outubro, quando não era mais possível alterar os boletins de votos e substituir o nome pelo de um outro candidato. O democrata já havia realizado o tratamento contra o câncer e se recuperado da doença por duas vezes. 

Eleições americanas de meio de mandato  

Os norte-americanos foram nesta última terça-feira (8) às urnas para a disputa de meio de mandato nos Estados Unidos, chamadas “Midterms”. Com os resultados, haverá a renovação de todos os 435 deputados da Câmara (denominada de Casa dos Representantes) e de 35 senadores, são 100 no total.


Eleições de meio de mandato interferem nos próximos dois anos do governo do Presidente. Na foto, o atual presidente dos EUA, Joe. Biden. Foto Reprodução: Correio Braziliense


As eleições de meio de mandato modificam de maneira significativa os dois últimos anos do mandato do Presidente vigente, visto que a configuração do Legislativo pode ser alterada e o chefe do Executivo perder ou ganhar apoio. E também, vários estados irão fazer eleições para governador e para representantes locais. 

Está em jogo o controle do Congresso e a pauta dos próximos dois anos do governo de Joe Biden, atual presidente dos EUA. O Partido Democrata tem um certo favoritismo para manter uma maioria no Senado, já o Partido Republicano tem uma grande chance de dominar a Câmara.  

No país norte-americano, o voto é distrital, assim, em cada distrito existe uma eleição para decidir quem se tornará o deputado local, bem diferente do Brasil, onde a votação reúne todos os candidatos de um único estado e eles disputam todas as vagas do determinado estado. 

Foto Destaque: Deputado Democrata Tony DeLuca. Reprodução: Pittsburgh Post-Gazette.

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo