Moda

Day Molina cria vestido em homenagem ao Met Gala

Para celebrar o MET GALA e a diversidade brasileira, o E! Entertainment apresenta vestido criado por estilista de origem indígena. Day Molina foi convidada para criar um vestido impactante para o tapete vermelho.

3 min de leitura
02 Mai 2022 - 17h48 | Atualizado em 02 Mai 2022 - 17h48

O MET Gala é um evento anual para levantar fundos para o Costume Institute do Metropolitan Museum of Art de Nova York, que irá acontecer nesta segunda-feira do dia 2 de maio. Nesse ano o E! Entertainment preparou uma surpresa para o público e convidou a designer Day Molina, de origem indígena, para criar um vestido impactante para o tapete vermelho.

A criação simboliza uma América parida por uma mulher originária e retrata a riqueza e a diversidade da região. A partir da proposta, Day convidou uma modelo também indígena, Zahy Guajajara, para usar o vestido que será apresentado pelas redes sociais do @Eonlinebrasil, exibido em toda a América Latina e não apenas no Brasil.

Criação do vestido

A ideia do bordado é retratar o mapa da região, já as mangas foram inspiradas nas camadas de uma flor que representa a diversidade da fauna e flora do país. O vestido ainda traz franjas vermelhas que simbolizam o derramar de sangue, durante o parto, trazendo assim, uma nova vida.

Em entrevista exclusiva para a revista Bazaar, Molina fala sobre o processo criativo. “O processo foi intenso, muito corrido.  Fui convidada em meio a uma agenda de muitos outros compromissos e entregas apertadas. Eu e Gabi (minha assistente) trabalhamos intensamente. O processo criativo foi incrível, nós mergulhamos e fizemos acontecer mesmo com pouco tempo de produção”, diz ela.

Day Molina também conta que sua inspiração veio da América e que a ideia era criar algo que remetesse a diversidade, a fluidez da natureza feminina e a força ancestral que as guia.


Day Molina mostra os batidores da produção para o E! Entertainment. (Vídeo: Reprodução/Instagram)


A estilista ainda conta para a Bazaar, quais materiais foram usados na produção do vestido. “Uma mistura de têxteis que representam diferentes nuances, tons e texturas. Usamos um pouco de malha, linho, fibras orgânicas, recicladas e fios de lã natural para as franjas. O apelo era ser sustentável em todo processo. Por esse motivo também pensamos nessa mistura de possibilidades conectada ao conceito”.

E para finalizar, ela comenta sobre como a experiência de participar desse projeto foi especial e que a equipe foi atenciosa, trabalhando todos em sintonia. Para ela, tendo contado com a participação de duas mulheres indígenas na produção, é o mais importante.

Foto destaque: Modelo Zahy Guajajara. Reprodução/Instagram

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo