Celebridades

Corte italiana confirma sentença de nove anos de prisão para Robinho em caso de estupro

Foi confirmada nessa terça-feira (09), pela Corte de Apelação de Milão, na Itália, a sentença de nove anos de prisão para o jogador Robinho e seu amigo, Ricardo Falco. Ambos são acusados de estupro contra uma mulher albanesa.

3 min de leitura
10 Mar 2021 - 18h00 | Atulizado em 10 Mar 2021 - 18h00

Foi confirmada nessa terça-feira (09), pela Corte de Apelação de Milão, na Itália, a sentença de nove anos de prisão para o jogador Robinho e seu amigo, Ricardo Falco. Ambos são acusados de estupro contra uma mulher albanesa. Desde dezembro de ano passado, o tribunal da segunda instância já havia decretado o veredito, mas o texto com a denação foi liberado apenas essa semana. Os advogados de defesa do atacante recorrerão à terceira instância.

Robinho é condenado em segunda instância a 9 anos de prisão por violência sexual

Atacante Robinho conta que recebeu mensagem de apoio de seu amigo Neymar

Poliana Abritta e o caso Robinho: Saiba mais

Segundo a Folha de São Paulo, as juízas Paola Di Lorenzo, Chiara Nobili e Francesca Vitale, salientaram no texto que houve uma tentativa de "enganar as investigações oferecendo aos investigadores uma versão dos fatos falsa e previamente combinada". Elas também sinalaram que houve um "particular desprezo [de Robinho] em relação à vítima".

De acordo com Uol, a sentença têm 22 páginas, afirmando que o jogador humilhou e usou a mulher para ter relaçõe sexuais.


A justiça italiana considerou que a vítima teria sido humilhada e usada por Robinho e amigos (Foto: Reprodução/YouTube/Uol)


O justiça destacou contradições nas versões contadas pelos brasileiros. Segundo a juíza, num momento, Robinho disse não se lembrar da mulher albanesa. Outra vez, disse não ter tocado nela. Já na terceira declaração, afirmou ter tido relações sexuais com a mulher, mas com total consentimento. "Nesse contexto, a atitude de Robinho passa por uma espécie de amnésia inicial até chegar a lembrança do que aconteceu", escreveu a Corte na sentença.

Confirmada a decisão, a defesa do jogador afirmou que recorrerá à Corte de Cassação, a terceira e última inst6ancia que pode ser invocada na Itália. É importante frisar que o atacante só será condenado após o julgamento dessa terceira instância. Se Robinho e Ricardo Falco forem culpados, eles terão que pagar uma multa de 60 mil euros (aproximadamentoe 414 mil reais) e cumprir a pena de nova anos de prisão. 

A advogada de defesa de Robinho, Marisa Alija, foi procurada pela Uol, mas disse que não responderia nada sobre o caso. O jogador também não quis se manisfestar sobre a sentença.

(Foto Destaque: Robinho. Reprodução/Getty Images)

Deixe um comentário