Notícias

Coreia do Norte faz teste de míssil no Mar do Leste

Na semana passada, a Coreia do Norte ja havia testado um míssil hipersônico. Seis países da Reunião de Segurança da ONU fazem apelo pela desnuclearização completa.

3 min de leitura
11 Jan 2022 - 09h38 | Atualizado em 11 Jan 2022 - 09h38

Nesta terça-feira de manhã (10), as forças armadas sul-coreanas informaram que a Coreia do Norte lançou um "possível míssil balístico" no Mar do Leste, menos de uma semana depois de o governo de Pyongyang testar um míssil hipersônico. "Nossas forças armadas detectaram um possível míssil balístico disparado pela Coreia do Norte em terra em direção ao Mar do Leste", informou o Estado-Maior Conjunto da Coreia do Sul.


Televisão em Seul, na Coreia do Sul, exibe lançamento de um "suposto míssil balístico" norte-coreano.
Foto.Reprodução: ANTHONY WALLACE / AFP 


A guarda costeira japonesa também relatou o lançamento, indicando que era um "objeto semelhante a um míssil" e tería caído fora da zona econômica exclusiva do Japão, disse a agência de notícias Kyodo. "É extremamente lamentável que a Coreia do Norte continue lançando mísseis."  disse o primeiro-ministro japonês, Fumio Kishida, a repórteres, relembrando que as Nações Unidas acabaram de discutir como responder ao lançamento da semana passada, quando a Coreia do Norte testou se um "míssil hipersônico".

O lançamento aconteceu depois que 6 países, incluindo os EUA e o Japão, pedirem à Coreia do Norte que suspendesse as "ações desestabilizadoras' antes de uma reunião do Conselho de Segurança da ONU pra discutir o lançamento do míssil que a Coreia do Norte nomeou de hipersônico. França, Reino Unido, Irlanda e Albânia fazem parte da lista dos 6 países que aderiram ao apelo, pedindo as autoridades de Pyongyang "que se engaje em um diálogo que leve ao nosso objetivo comum de desnuclearização completa".

De acordo com o especialista Shin Beom Chul, persquisador do Instituto de Pesquisa da Coreia para Estratégia Nacional, o lançamento tem motivações políticas e militares. "A coreia continua realizando testes para diversificar seu arsenal nuclear." Finalizou ele. Em 2021, a Coreia do Norte informou ter testado com sucesso um novo tipo de míssil balístico lançado por submarino, uma arma lançada por trem e ogiva supersônica. Em uma reunião do governo norte-coreano em dezembro, Kim Jong Un prometeu fortelecer ainda mais o aparato militar do país.

 

Foto Destaque: Kim Jon Un, presidente norte-coreano. Reprodução: AFP.
 

LEIA MAIS

Deixe um comentário