Esportes

Conheça a nova geração de promessas de um Barcelona que tenta se reerguer

Jovens como Gavi, Ansu Fati, Pedri, Nico Gonzáles são a esperança de reconstrução no Barcelona, que entra em campo nesta quinta-feira pela Liga Europa após 17 anos sem jogar a competição.

3 min de leitura
17 Fev 2022 - 10h57 | Atualizado em 17 Fev 2022 - 10h57

A última vez que o Barcelona jogou a Liga Europa, seu jogador mais novo, Gavi de apenas 17 anos estava ainda na barriga de sua mãe. Nesta quinta-feira, o clube catalão volta a disputar o torneio e enfrentará o Napoli pela segunda fase da competição, às 14h45 (horário de Brasília) e Gavi é um dos símbolos junto com outros jovens de um Barcelona que tenta se recuperar e reestruturar.

Em 2004, quando o Barcelona empatou com o Celtic em 0 a 0 no Camp Nou e foi eliminado da Liga Europa, que na época se chamava Copa da Uefa, o clube catalão passava por um momento similar ao que está vivendo hoje. Um momento de reconstrução, uma transição para o time badalado de Ronaldinho Gaúcho que seria campeão da Liga dos Campeões em 2006. 

E igual aquela época, a reconstrução atual começa pela base. Em uma crise econômica que o clube jamais tinha vivido antes, o Barcelona teve que recorrer as promessas de La Masia para se levantar neste tempo pós-Messi.

"A situação econômica obrigou o clube a olhar mais do que nunca para a base. Por sorte, também havia jogadores de nível, especialmente no caso de Gavi, Nico González e Araújo. Essa necessidade econômica e esse impedimento de contratar jogadores (punição da Fifa) fez com que o clube olhasse para casa e, por sorte, havia jogadores para puxar", explicou o jornalista Roger Torello, que cobre o Barcelona pelo jornal catalão “Mundo Deportivo”.

Conheça alguns dos principais nomes deste atual Barcelona:

Gavi, tem 17 anos, é um dos destaques deste novo Barcelona. O jogador, apesar de ser muito jovem, já estreou na seleção espanhola e virou titular incontestável para Xavi. Ele chama atenção pela sua qualidade técnica e excelente leitura de jogo e faz lembrar o atual treinador nos tempos de jogador.

É o jogador mais novo da história a ser convocado pela seleção espanhola, foi chamado por Luis Enrique quando tinha 17 anos e 62 dias. Ele quebrou o recorde de 85 anos, pertecente a Àngel Zubieta que foi convocado com 17 anos e 284 dias em 1936.


Gavi, do Barcelona, fez a sua estreia pela seleção da Espanha com pouco mais de 17 anos. (Foto: Reprodução/Getty Images.)


Ansu Fati, de 19 anos, pode se dizer que foi o primeiro a aparecer com mais destaque na equipe principal do Barcelona. Ele nasceu na Guiné-Bissau e chegou à Espanha com seis anos e ao Barcelona com 10 anos. O atacante soma 18 gol em 53 jogos pelo clube, porém não conseguiu ainda emplacar uma sequência de jogos na atual temporada por causa de lesões.

"É o jogador que mais dava esperança na base, por sua qualidade e sua personalidade. Havia dúvidas sobre como responderia conforme fosse subindo de categorias, mas a verdade é que estreou no Camp Nou como se estivesse jogando na base. É um profissional e vive para o futebol", afirmo Franc Artiga, antigo treinador de base do Barcelona, em entrevista ao jornal 'Marca'".


Ansu Fati comemora gol do Barcelona sobre o Dínamo de Kiev. (Foto: Reprodução/Reuters.)


Pedri, que também tem 19 anos, ganhou no ano passado, na cerimônia da Bola de Ouro, o Troféu Kopa, prêmio dado ao melhor jogador sub-21 da Europa na temporada.  Diferente dos companheiros, Pedri não é da base do Barcelona, ele foi comprado ao Las Palmas por 5 milhões de euros em 2020. Ele é considerado como o modelo de jogador essencial para o clube: canhoto, habilidoso e tem ótimo passe.

"Mesmo sem ser da base, Pedri é um jogador 100% Barça. Seu ídolo é Iniesta, e ele lembra mesmo Iniesta não só dentro, mas também fora de campo", contou o jornalista Roger Torello, do Mundo Desportivo.


Pedri atuando pelo Barcelona. (Foto: Reprodução/ David S. Bustamante/Soccrates/Getty Images)


Nico Gonzáles, de 20 anos, é o filho de Fran, ídolo do La Coruña e chegou ao Barcelona quando tinha 11 anos. O volante ganhou destaque com Koeman e seguiu no time de Xavi. Ele é o quinto jogador que mais disputou partidas na temporada e está perto de ser convocado pela primeira vez para a seleção espanhola. O jogador ainda é visto como possível subistituto de Busquets.


 

Nicolas Gonzalez lamenta gol sofrido pelo Barcelona diante do Alavés. (Foto: Reprodução/REUTERS/Albert Gea.)


Ronald Araújo, de 22 anos, é de uma geração acima dos outros citados, o zagueiro e lateral uruguaio chegou em 2018 ao Barcelona, para jogar na equipe B. O jogador não era muito falado em seu tempo de base, mas se firmou no elenco principal, após ganhar uma oportunidade na temporada passada. O jogador é comparado a Puyol por causa do perfil de liderança e já estrou na seleção uruguaia.

Foto Destaque: Gavi, Ansu Fati e Pedri são algumas das novas promessas do Barcelona. Reprodução/ge

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo