Mundo Pet

Confira como proceder caso perca seu pet ou encontre um perdido

Nesta sexta-feira (26) se comemora o Dia Mundial do Cachorro. Diversas pessoas não sabem os cuidados corretos que os cachorros pedem, como alimentação, higiene e situações de fuga. Confira dicas.

3 min de leitura
26 Ago 2022 - 16h00 | Atualizado em 26 Ago 2022 - 16h00

Nesta sexta-feira (26) se comemora o Dia Mundial do Cachorro. O pet é conhecido por ser o melhor amigo do homem e, no Brasil, é o animal de estimação mais popular segundo o Budget Direct Pet Insurance. Mesmo assim, diversas pessoas não sabem os cuidados corretos que os cachorros pedem, como alimentação, higiene e situações de fuga. No caso da última, a situação se agrava no momento em que cada vez mais cães vem sendo abandonados e fugindo de casa por desatenção dos donos e, ao lidar com essa situação, as pessoas estão naturalmente despreparadas.

Primeiramente, é imprescindível que o cachorro use uma coleira de identificação, com o nome dele e do dono. Além de conter algum telefone para contato ou um chip para rastreio. Isso auxilia em caso de fuga, pois quem encontrar o pet vai saber com quem entrar em contato. 

Somado a isso, evite passear com seu melhor amigo sem a guia anexada à coleira. Por mais que seu pet seja treinado, pode ser que ele fuja ou seja sequestrado. Mas, caso mesmo assim você deixe seu cão andar sozinho, tenha certeza de que o local que ele está é seguro, sem muros baixos, buracos ou outros meios que ele consiga fugir.

Caso ele desapareça, é importante você compartilhar informações sobre ele em todos os meios possíveis. Seja por redes sociais, ONGs da região, grupos de proteção animal ou órgãos públicos responsáveis por cuidar dos animais, como as secretarias de Proteção Animal. Quanto mais você espalhar a sobre o cachorro, mais pessoas saberão da situação e com quem entrar em contato.


Cão chateado. Fonte: Destrucction/Flickr


Caso o papel inverta e você encontre um animal em situação de rua, há de se tomar cuidado. Primeiramente, pois nunca se sabe quando o cachorro possui alguma enfermidade ou contraiu alguma doença no momento em que esteve sozinho. Somado a isso, tem o fato de que muitas vezes o animal está com medo e/ou assustado, então ele pode se tornar agressivo e atacar quem está tentando ajudar.

O primeiro passo deve ser fotografar ou filmar o animal e divulgá-lo nas redes sociais ou nas instituições citadas anteriormente. Assim, vai abranger o máximo de pessoas possíveis e alguma delas pode conhecer o dono.

Caso você possa, é interessante levar o pet para casa, assim ele não continuará nas ruas e, caso o dono entre em contato, facilita a busca do mesmo. Além disso, ofereça alimento e água para ele, afinal, você não sabe a quanto tempo ele está sozinho.

Foto destaque: Cão fazendo um "toca aqui" com um humano. Fonte: Reprodução/ShutterStock

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo