Claudia Leitte revela que teve baby blues

Publicado 26 de Nov de 2020 às 16:56

A cantora Claudia Leitte falou em uma entrevista com Pedro Bial, na última terça-feira (24), sobre maternidade e problemas que sofreu pós-parto, após o nascimento da sua filha Bela, de sua terceira gravidez em agosto. 

"Foi bizarro, filme de terror, tive alucinações, é um negócio que eu jamais pensei em experimentar’, afirmou ela. Claudia ainda revelou: “Não permitia que ninguém tocasse na minha filha nos primeiros 20 dias. Márcio [o marido] pegava ela e aquilo me dava uma aflição, uma angústia. Eu não consigo nem explicar hoje o que era aquilo, porque não consigo me reconhecer naquela situação". 

A cantora foi diagnostica com baby blues, desenvolvido por alterações hormonais, muito parecido com a depressão pós-parto. Baby blues ou disforia puerperal é uma labilidade emocional, que ocorre por fatores hormonais, onde o organismo da mulher está se reorganizando para voltar ao seu estado normal, quando nasce um filho, os sentimentos da mãe se misturam, é um mix de alegria e exaustão. Poucos dias após o parto, muitas mulheres passam por um período de melancolia, tristeza e fortes alterações de humor, também conhecido como “blues puerperal” ou “baby blues”.  

Leia mais: Duda Nagle desabafa sobre a saúde de sua mãe


Claudia Leitte comemorando com a família o aniversário de sua filha caçula, Bela. (Foto:Reprodução/Instagram)


A artista é mãe de três crianças, Davi de 11 anos, Rafael de 8, e Bela, a filha caçula. Além de esposa de Marcio Pedreira. Ela está atualmente morando nos EUA, na Flórida com sua família. Aos 39 anos, a carioca isolada cumprindo a quarentena, apesar de esta longe dos palcos, a cantora segue fazendo live de sua casa, e interagindo com os seus fãs em suas redes sociais. Leite já está se programando para o carnalva de 2021, e tem seu tema pronto.

(Foto destaque: Claudia Leitte revela que teve baby blues. Reprodução/Instagram)

 

Deixe um comentário