Bem Estar

Cirurgia plástica: Médico especialista dá dicas para realizar procedimentos de forma segura e confortável

As cirurgias plásticas podem aumentar a autoestima e melhorar a qualidade de vida dos pacientes. O médico cirurgião plástico Fernando Nakamura dá algumas dicas do que fazer no período pré-operatório.

3 min de leitura
24 Ago 2021 - 20h31 | Atulizado em 24 Ago 2021 - 20h31

As cirurgias plásticas podem aumentar a autoestima e melhorar a qualidade de vida dos pacientes. Porém, apenas o procedimento em si não é suficiente para que o resultado desejado seja alcançado. Portanto, o primeiro passo para garantir uma cirurgia plástica bem-sucedida é: Considerar os cuidados pré-operatórios que devem ser tomados. Para o médico cirurgião plástico Fernando Nakamura, a procura por cirurgias plásticas aumentou durante a pandemia. Ele acredita que o fato de as pessoas ficarem mais tempo em casa e, consequentemente, encarando o espelho, as pessoas começaram a ficar críticas em relação à aparência e buscaram melhorá-la.

“Como as pessoas estão saindo menos, elas não gastam tanto dinheiro em viagens ou roupas e, ao invés, estão investindo para mantes a boa forma e a aparência. Procedimentos como a rinoplastia – também conhecida como plástica no nariz – e a mamoplastia – técnica que pode aumentar ou diminuir as mamas – são um dos mais procurados e para que haja sucesso, é preciso ter alguns cuidados no período pré-operatório. Com a pandemia e mais horários livres, é possível dar mais atenção a essas recomendações”, diz Fernando.

Em tese, Fernando Nakamura afirma que para garantir que o procedimento seja bem-sucedido, é necessário avaliar alguns aspectos, como:

- Escolher um profissional habilitado pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP)

É essencial que os pacientes consultem se o médico possui habilitação na Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. Assim, é preciso considerar se o profissional é experiente no segmento de cirurgias plásticas e consultar a qualidade do trabalho realizado por ele. As consultas podem ser realizadas no site do Conselho Federal de Medicina (CFM).

-  Passar previamente por uma avaliação profissional

A avaliação do paciente é um dos cuidados pré-operatórios essenciais para evitar riscos e complicações causados pelo procedimento. Durante esta etapa, o médico cirurgião plástico solicitará uma série de exames complementares para analisar a saúde do paciente.

- Conheça as principais responsabilidades do paciente

É muito comum que os pacientes acreditem que uma cirurgia bem-sucedida depende exclusivamente do profissional escolhido e do tipo de procedimento realizado. Porém, isto não é verdade. A postura do paciente também é fundamental para o sucesso da operação, logo, cabe a ele seguir todos os cuidados pré-operatórios sugeridos pelo cirurgião.

- Pergunte a técnica escolhida e o local de realização do procedimento

A escolha do local onde a cirurgia será realizada é tão importante quanto a escolha do profissional. Ou seja, a clínica ou hospital deve oferecer aos pacientes uma infraestrutura completa para atender qualquer tipo de complicação decorrente do procedimento.

- Informar-se sobre qual a técnica indicada para o caso em específico

Hoje em dia, os pacientes interessados em cirurgias plásticas podem encontrar diversas opções de procedimentos estéticos e reparadores. A escolha da cirurgia mais adequada dependerá da queixa do paciente e da avaliação realizada pelo médico especializado.

- Entender o processo de recuperação e os cuidados pós-operatórios

No que se refere à recuperação do paciente e aos cuidados do período pós-operatório, é possível dizer que uma cirurgia plástica não termina quando o paciente sai da sala de cirurgia. Dependendo do tipo de procedimento realizado, será necessário manter repouso. Em alguns casos, é necessária a troca de curativos e um acompanhamento mais rigoroso com o médico cirurgião que realizou o procedimento.

“Cada tipo de cirurgia pode demandar cuidados específicos. Mas, apesar disso, os itens citados anteriormente já são suficientes para garantir que o paciente se sinta seguro durante o procedimento e a qualidade dos resultados após a realização da cirurgia”, finaliza o cirurgião plástico Fernando Nakamura.

 

(Foto Destaque: Reprodução)

Deixe um comentário