Notícias

China lança cinco mísseis próximos a Taiwan

Os foguetes de exercício militar foram disparados nesta quinta-feira (4) em resposta à visita da Presidente da Câmara dos Estados Unidos, Nancy Pelosi a ilha.

3 min de leitura
04 Ago 2022 - 21h13 | Atualizado em 04 Ago 2022 - 21h13

Após a visita da Presidente da Câmara dos Estados Unidos, Nancy Pelosi a Ilha de Taiwan, no leste da China, mísseis de exercício militar foram disparados por Pequim nesta quinta-feira (4) próximo ao território. Segundo a imprensa local, 5 de 11 mísseis balísticos foram lançados pelos chineses no que é até agora o maior teste com munição real realizado perto do território taiwanês.

De acordo com a agência de notícias japonesa Kyodo, todos os foguetes disparados caíram em águas japonesas, dentro da região econômica exclusiva do Japão, a cerca de 370 quilômetros da costa, Pequim culpou os Estados Unidos e aliados pela intensificação da tensão e disse que o teste realizado nesta quinta e as outras manobras feitas anteriormente são respostas justas e necessárias. 

A visita de Nancy Pelosi a Taiwan na terça feira (2) foi a primeira  de um  representante do alto cargo do país norte americano em 25 anos, a ilha tem cerca de 24 milhões de habitantes e tem parte de seu território reivindicado pela China, de acordo com Pequim a visita da Presidente da Câmara seria um alerta errado às forças separatistas a favor da independência da ilha, a viagem durou menos de um dia, durante ela Pelosi visitou o Parlamento e o museu dos Direitos Humanos de Taipel e se reuniu com a presidente taiwanês Tsai Ing-wen. 


Localização da ilha de Taiwan, a 1969 km de distancia da China. Foto Reprodução: Cola da Web.


Segundo a Xinhua - agência de notícias oficial do governo da China, o objetivo dos exercícios de testes de lançamentos dos mísseis são de simular um possível bloqueio da ilha de Taiwan, eles incluem controle do espaço aéreo, ataques a alvos na terra e no mar, autoridades de Taiwan criticaram os exercícios como sendo um ato que deseja desafiar a ordem internacional. Mesmo com o aumento das ameaças de invasão durante o governo do presidente chines Xi Jinping, após as eleições de 2016, onde a atual presidente Tsai Ing-wen foi eleita, uma tomada do território taiwanês pela China é pouco provável de ocorrer, Tsai não reconhece o território de Taiwan como parte integrante da China. 

As visitas à ilha de Taiwan de congressistas e autoridades estrangeiras cresceram nos últimos anos, o que vem irritando Pequim, como represália, a China vem tentando isolar a ilha no campo diplomático aumentando a pressão militar contra Taiwan, porém analistas confirmaram a Agence France-Prese que os chineses não pretendem no momento causar nenhum agravamento da situação além do que está em seu controle.    

 

Foto Destaque: Mísseis de exercício teste chineses foram disparados próximos de Taiwan após visita de autoridade norte americana. Reprodução/Folha PE.

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo