Celebridades

Cara Delevigne fala sobre vício em pornografia em documentário da BBC

Hoje vai ao ar o primeiro episódio de Planet Sex, a série documental de Cara Delevigne para a BBC. No primeiro trecho liberado, a atriz admite o vício em pornografia.

3 min de leitura
01 Dez 2022 - 10h00 | Atualizado em 01 Dez 2022 - 10h00

Cara Delevigne revelou detalhes da sua vida pessoal, entre eles o vício em pornografia. Ela conta suas história na série documental para a BBC, ‘Planet Sex’, que será lançada hoje (01). O The Sun publicou um trecho da produção que será dividida em seis partes, nele a atriz e modelo confessou que só conseguia atingir o orgasmo consumindo filmes pornôs e com a ajuda de brinquedos sexuais.

“Não conseguia [ter um orgasmo] por muito tempo até alguns anos atrás, quando comecei a tentar me masturbar sem assistir, e era difícil. Sem um brinquedo sexual também”, ela conta. Cara também falou sobre nunca ter assistido pornô com seus parceiros, e que isso de alguma forma acabou se tornando um segredo sexual seu. “De certa forma, me fez ter muito menos respeito e uma relação sexual muito pior comigo mesma”, ela completa.

A atriz ainda se questiona se isso realmente poderia ser considerado um vício no documentário. “Eu era viciada em pornografia? Eu não assistia todos os dias, mas não precisava ter um orgasmo todos os dias. Só que eu preciso assistir para ter um. Então, acho que à sua maneira, é um vício”, ela conclui. Cara também conta que parou de consumir pornografia quando percebeu como a imagem do sexo retratada daquela forma poderia ser prejudicial. “A pornografia dá aos jovens uma visão distorcida de como o sexo e a intimidade deveriam ser. Fiquei completamente insensível com a pornografia que assisti. Eu definitivamente não teria feito muitas coisas se não tivesse assistido pornografia, e definitivamente me arrependi disso depois”, desabafou.


">

O trailer está disponível no YouTube


Durante a produção de seu documentário, Cara conheceu Erika Lust, uma diretora de filmes pornôs independentes que faz conteúdo adulto voltado para os desejos e consentimentos femininos. “Para mim, acho que faz falta voz feminina no pornô. Até o pornô lésbico é dirigido por homens para homens. Fiquei feliz em ver o sexo representado do jeito que é na vida real. Se eu tivesse visto isso na adolescência, teria me sentido mais respeitada e pedido muito mais o que queria como mulher”, ela comenta.

A modelo de 29 anos fez um longo desabafo sobre ter levado muito tempo para ser sincera com seus parceiros sobre os seus desejos e vontades. Em um dos episódio, Cara Delevigne ainda se submeteu a um experimento de um hospital psiquiátrico alemão, que estuda os motivos dos homens terem mais orgasmos que as mulheres.

Foto destaque: Cara Delevigne Foto: Reprodução/ Instagram 

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo