Celebridades

Bruno Gagliasso desabafa e afirma que racismo reverso não existe

O ator Bruno Gagliasso utilizou as redes sociais para falar sobre racismo reversó. O ator se pronunciou após críticads destinadas sobre uma ação promovida pela loja Magazine Luiza.

3 min de leitura
20 Set 2020 - 04h35

Na tarde deste sábado (19), o ator Bruno Gagliasso (38), se manifestou pelo Twitter e falou sobre racismo reverso. O ator, pai de Titi e Bless, ambos adotados no Malawi, já é conhecido por defender a luta de pessoas negras e desta vez não foi diferente. 

"Caros amigos brancos, repitam comigo: RACISMO REVERSO NÃO EXISTE. Em nenhuma hipótese, em nenhuma condição, em nenhuma situação", escreveu Bruno. A frase do ator foi uma reposta às críticas sobre um programa de trainners destinado a pessoas negras, promovido pela loja Magazine Luiza. A ação foi vista como racista por algumas pessoas brancas que não puderam participar do treinamento ofertado pela empresa. 


O ator já utilizou as redes sociais outras vezes para falar sobre o tema. (Foto:  Reprodução/Metrópoles)


Em seguida, Bruno Gagliasso foi até o Instagram para falar sobre racismo reverso. Através de uma publicação, o ator chamou a atenção de pessoas brancas que acreditam em racismo reverso. "É triste, mas nossa sociedade é feita todinha em cima disso. Nossos antepassados, ávidos por dinheiro, poder e terra, dizimaram povos, escravizaram pessoas e criaram um sistema de enriquecimento baseado na exploração de vidas humanas", escreveu. 

Leia mais: Curada da Covid-19, Simaria conta que foi difícil ficar longe dos filhos

Posteriormente, o artista ressaltou como os negros são prejudicados até hoje com o racismo. "E por mais longínquo que pareça, nós, os brancos de hoje, ainda nos beneficiamos desse método, porque nenhuma reparação foi dada aos descendentes dos povos escravizadoa. Pelo contrário. Até o início do século passado, essas pessoas eram proibidas de ter educação, possuir coisas, ter suas culturas respeitadas. E a gente aqui em 2020 precisa olhar pra isso com autocrítica e, principalmente, ação".

Por fim, o ator citou a ação promovida pelo Magazine Luiza e mostrou que a exclusão é uma coisa que os negros vivenciam há muito tempo. "Essa semana uma rede de lojas anunciou que contratará apenas pessoas pretas em UM de seus próximos processos seletivos para treiné. Vejo muitos irmãos brancos revoltados com a notícia. Acusam a marca de praticar um 'racismo reverso' e não percebem que essa coisinha se contorcendo por se sentir excluído de algo é apenas a grande ficha caindo: nós temos todas as oportunidades e nunca fizemos nadica de nada para quem não tem as bochechas rosadinhas como nós".

 

Bruno Gagliasso cede Instagram à Elza Soares para debater racismo

O ator é empenhado em ações que promovam dar voz à pessoas negras. (Fotos: Reprodução/Instagram)


No dia 25 de julho, Bruno Gagliasso deu espaço à cantora Elza Soares no seu Instagram com o intuito de ampliar voz da cantora e atingir mais pessoas para falar de racismo. Naquela data, foi comemorado o Dia Internacional da Mulher Latino Americana e Caribenha.

Na época, o ator possuía cerca de 18 milhões de seguidores na rede social. Em seu primeiro post, Elza Soares ressaltou que a ação não se tratava de uma invasão. "A palavra 'invasão' não expressa tão bem essa ação que tem uma importância enorme para conscientizar as pessoas sobre o que é racismo estrutural. Eu prefiro chamar de compartilhar experiências".

O ator comemorou a parceria com Elza Soares e também fez um post para contar a novidade. "Eu tô a semana toda me segurando pra fazer esse anúncio e finalmente chegou a hora! Preparados? Amanhã não teremos ocupação aqui nas redes", iniciou.

Em seguida, o marido de Giovanna Ewbank explicou que não se travava de uma "ocupação". "Senhoras e senhores, teremos a rainha Elza Soares! Isso mesmo! Elza Soares!!! E porque eu to dizendo que não é uma ocupação? Ora, porque o Brasil é todo dela! Que honra tê-la conosco durante todo o sábado compartilhando suas ideias, sua rotina, suas músicas".

(Foto destaque: Bruno Gagliasso ao lado dos filhos e de Giovanna Ewbank. Reprodução/Instagram)

Deixe um comentário